Salas lindas para reunir os amigos, cozinhar e conversar

O desejo de mais convívio transforma o estar num espaço aberto e versátil. Três projetos mostram que é possível comer, trabalhar, receber e ver TV neste espaço.

Comer, trabalhar, receber, ver TV: tudo na sala

Pense em espaço e tempo, os maiores luxos de quem vive em centros urbanos,ou seja, mais da metade da população mundial: integrar atividades é uma forma de fazer render os centímetros de uma moradia compacta e de estimular a convivência nas preciosas horas vagas. Por essas razões, não é de estranhar que as salas multiúso sejam cada vez mais comuns. “Nas regiões metropolitanas, essas alterações estão em curso desde os anos 1990. Os novos arranjos familiares, que já representam mais da metade dos lares em locais como São Paulo e Rio de Janeiro, são outro fator importante nessa tendência”, afrma Fábio Abreu Queiroz, arquiteto e pesquisador do Núcleo de Estudos de Habitares Interativos (Nomads-USP). Aquele ambiente estanque e formal, pensado somente para um tipo de situação, tende a desaparecer. “Historicamente, a existência de cômodos destinadosa funções específcas e organizados em zonas – social, íntima e de serviços- é uma herança do modo de vida das famílias burguesas parisienses do século 19”, explica. De acordo com o arquiteto Fábio Valentim, a ideia da sala como local que congrega diversas funções está na raiz da arquitetura moderna.

Muitas paredes a menos

“Hoje, independentemente do porte do imóvel, as pessoas querem trazer os acontecimentos para dentro”, afrma a designer de interiores Bianca Notari. Sua observação é atestada por estudos de tendências como os do portal internacional WGSN-Homebuildlife.“Em vez de contar com vários cômodos menores, os moradores hoje preferem criar uma área social maior no centro da casa. Assim,a família pode conviver no mesmo espaço, ainda que em diferentes atividades”,analisa o editor do portal, Laurence Pasquier. Se pensarmos nodesejo de convívio, é natural que a primeira parede a cair seja a dacozinha, antes relegada aos fundos da casa ou posicionada comoum corredor nos apartamentos. Segundo um relatório do WGSN do fim do ano passado, ela concentra hoje o maior gasto com reformas: todos querem um ambiente para exibir com orgulho como parte do estar, com acabamentos nobres, como a madeira. A reboque, vem a sala de jantar.“Ela se incorpora à cozinha. Mesas generosas acomodam muita gente,permitindo que a festa aconteça já no local de preparo da comida”,complementa Laurence Pasquier. E, se os ambientes já estão juntos e oclima é de interação, por que não incluir a TV, com todos os seusacessórios eletrônicos, atual desejo de consumo? É assim que o sofá assumenova importância. Muitas vezes, é dele a função de delinear árease usos. Em outras, vira quase um ambiente, concentrando o lazer e atéo trabalho, com prateleiras, mesinhas e plugues acoplados.“Para todos os móveis, a ordem é ter várias opções de utilização. São peçasmodulares e facilmente adaptáveis ao espaço”, detalha Andrea Bisker,também do WGSN. E o trabalho? Até ele tira proveito desse tipo de mobiliário:com a tecnologia sem fo e os aparelhos portáteis, qualquer localvira um escritório. “Hoje vocênão precisa mais de uma base fxa: novos projetos já preveem pontos comiluminação e apoio até na cozinha”, fala o arquiteto Guto Requena.

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s