27 obras de Niemeyer se tornam patrimônio histórico nacional

O Ministério da Cultura tombou construções como o Palácio do Planalto, o Museu de Arte Contemporânea e o Conjunto do Parque Ibirapuera

(Nana Moraes | André Nazareth | Divulgação/Revista CASA CLAUDIA)

Um dos mais importantes arquitetos da história do Brasil, Oscar Niemeyer (1907-2012) teve novamente seu trabalho reconhecido. Desta vez, o Ministério da Cultura determinou que 27 de suas obras públicas fossem tombadas como patrimônio histórico nacional.

Dentre as construções, estão o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional, o Museu de Arte Contemporânea (Niterói), o Sambódromo do Rio de Janeiro, o Conjunto do Parque Ibirapuera (SP) e a Casa de Chá (BH). A partir de agora, a preservação das obras é responsabilidade do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A notícia veio alguns meses após o Conjunto da Pampulha, também projetado por Niemeyer, se tornar Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

Confira a lista completa das obras tombadas:

1. Capela Nossa Senhora de Fátima (Brasília)

2. Casa das Canoas (Rio de Janeiro)

3. Casa de Chá (Brasília)

4. Congresso Nacional (Brasília)

5. Conjunto Cultural da República (Brasília)

6. Conjunto Cultural Funarte (Brasília)

7. Conjunto da Passarela do Samba (Sambódromo da Marques de Sapucaí, no Rio de Janeiro)

8. Conjunto do Palácio da Alvorada (Brasília)

9. Conjuntos do Parque do Ibirapuera (São Paulo) – a Grande Marquise, o Palácio das Nações, o Palácio dos Estados, o Palácio das Indústrias, o Palácio de Exposições ou das Artes (Oca) e o Palácio da Agricultura

10. Edifício do Touring Club do Brasil (Brasília)

11. Espaço Lúcio Costa (Brasília)

12. Espaço Oscar Niemeyer (Brasília)

13. Memorial dos Povos Indígenas (Brasília)

14. Memorial JK (Brasília)

15. Ministérios e anexos

16. Museu da Cidade (Brasília)

17. Museu de Arte Contemporânea – MAC (Niterói)

18. Palácio da Justiça (Brasília)

19. Palácio do Planalto (Brasília)

20. Palácio Itamaraty e anexos (Brasília)

21. Palácio Jaburu (Brasília)

22. Panteão da Liberdade e Democracia (Brasília)

23. Pombal (Brasília)

24. Praça dos Três Poderes (Brasília)

25. Quartel General do Exército (Brasília)

26. Supremo Tribunal Federal (Brasília)

27. Teatro Nacional (Brasília)

Fonte: CAU/BR

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s