Kengo Kuma é tema da nova exposição da Japan House

Os trabalhos do arquiteto japonês são o foco da segunda exposição do centro cultural instalado na Avenida Paulista, em São Paulo

(Carol Quintanilha/Japan House)

Kengo Kuma – Eterno Efêmero” inaugura em 18 de julho e é a segunda exposição do centro cultural Japan House, em São Paulo (SP). A mostra trará a essência do inventivo trabalho do arquiteto japonês, responsável pelo projeto que abriga a instituição na Avenida Paulista. Ele também será o responsável pelo Estádio Olímpico de Tóquio para as Olimpíadas de 2020.

Fachada da Japan House, primeiro projeto de Kengo Kuma no Brasil (Divulgação/Japan House)

A essência do trabalho de Kengo Kuma está na utilização da tradição construtiva japonesa e de técnicas artesanais como base para criar desenhos contemporâneos e inovadores, atrelados ao constante uso do espaço, da luz natural, de elementos orgânicos e valores como o respeito aos materiais e a forma como são utilizados. Como resultado, seus projetos mostram forte personalidade, mas nunca deixando a arquitetura se impor sobre a natureza ou o meio a sua volta, um dos valores do profissional.

(Carol Quintanilha/Japan House)

A exposição ocupará o andar térreo da JAPAN HOUSE São Paulo até o dia 11 de setembro. Entre os trabalhos apresentados, estarão três construções do arquiteto – Fuan, Tsumiki e Cobogó Pavilion. O Fuan é uma casa de chá feita a partir de um enorme balão flutuante, o Tsumiki é um conjunto de peças de madeira que se encaixam como um brinquedo de montar e foi projetado principalmente para crianças e o Cobogó Pavilion é uma escultura permanente inspirada no cobogó brasileiro, elemento construtivo vazado criado no Recife nos anos 1930 e batizado com a junção da primeira sílaba dos sobrenomes de seus criadores, os engenheiros Amadeu Oliveira Coimbra, Ernesto August Boeckmann e Antônio e Góis.

SunnyHills, obra de Kengo Kuma em Tóquio, no Japão (Daichi Ano/Japan House)

Além destas obras, 16 maquetes retratam importantes construções de Kengo Kuma pelo mundo e ajudam a contar mais sobre a história e o trabalho do profissional. São elas: Tee Haus, Bamboo Nest, Hiroshige Museum of Art, GC Prostho Museum Research Center, Sunny Hills, Estádio Olímpico de Tóquio para 2020, Ceramic Cloud, Card Castle, Polygonium, Lotus House, The China Central Academy, Xinjin Zhi Museum, Adobe Museum for Wooden, Water Branch, Xinpu Sales Center e Beijing Tea House.

(Carol Quintanilha/Japan House)

(Carol Quintanilha/Japan House)

(Carol Quintanilha/Japan House)

Kengo Kuma – Eterno Efêmero

Quando: De 18 de julho a 10 de setembro

Onde: JAPAN HOUSE São Paulo (Avenida Paulista, 52)

Entrada gratuita

(Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s