10 passos para servir fondue no melhor estilo

Saiba como organizar um encontro em que o fondue é a estrela principal

O friozinho que vem fazendo aqui em São Paulo e em outras regiões do país é a desculpa perfeita para mergulhar nas comidinhas de inverno sem culpa: chocolate quente, sopas (com muito pão, claro! hahahaha!) e… fondue! De carne, queijo ou chocolate, ele é delicioso e fácil de preparar e de comer, e, por isso, vira o tema de nove entre dez encontros nesta época. Para saber como organizar um get together supercharmoso e prático, falei com a Sylvia Dale, da loja Cecilia Dale, uma fera em etiqueta e decoração de mesas. Ela listou dez passos para um fondue nota dez.

O pão é um dos acompanhamentos clássicos para o fondue de queijo. Batatas e cogumelos também vão bem (Tramontina/Divulgação)

  1. Não se preocupe em seguir uma ordem, até porque algumas pessoas preferem fondue de carne, e outras, de queijo. Se quiser, sirva os dois ao mesmo tempo, e deixe o de chocolate para a sobremesa.
  2. Caso prefira servir um a um, comece pelo de queijo, pois o de carne exala cheiro de fritura pela casa.
  3. Aliás, por causa dessa questão do cheiro, a Sylvia sugere oferecer o fondue ao ar livre. “É divertido fazer no jardim, ao lado de uma fogueira, ou na varanda. Deixe uma manta na cadeira de cada convidado. Fica muito gostoso!”
  4. Cada aparelho serve, normalmente, entre quatro e seis pessoas. Mas, como fica difícil todo mundo se apertar em volta de uma panela só, melhor usar duas ou mais quando o grupo ultrapassar quatro convidados.
  5. Põe-se a mesa com pratos rasos e talheres. Ao lado do garfo, coloque o garfinho do fondue – use um se estiver servindo apenas a versão de queijo ou de carne, e dois garfinhos caso ofereça ambos os sabores ao mesmo tempo. Deixe por perto cestinhas com pão e bowls com os demais acompanhamentos.
  6. Não é necessário trazer novos pratos e talheres ao trocar o fondue de queijo pelo de carne. Deixe para fazer isso apenas ao partir para o de chocolate.
  7. Fica lindo decorar a mesa com velas, mas, para evitar acidentes com a movimentação dos garfinhos, prefira os modelos baixos, colocados em copinhos.
  8. Jamais leve o garfinho do fondue à boca! Além de não ser higiênico (já que ele volta à panela), pode causar queimaduras. Depois de mergulhada no fondue, a comida vai para o prato, e é saboreada com os talheres. Os molhos também devem ser colocados primeiro no prato, para só depois temperar o pedaço de carne.
  9. Sobre os acompanhamentos: “Para mergulhar no queijo, podemos usar o tradicional pão italiano, batatas bolinha cozidas ou em conserva, cogumelos paris etc. Os suíços gostam muito de usar picles também. Já para a carne as possibilidades são quase infinitas; vale criar molhinhos à base de mostarda, curry, molho madeira, chutney de manga… Depende do gosto de cada um”, fala a consultora.
  10. E para beber? Vinho é a opção clássica. Ao servir o fondue de chocolate, apostar num licor pode ser uma boa.

Nesta sugestão de Sylvia Dale, o fondue foi servido ao ar livre. Opção perfeita para um dia de sol! Louças e demais utensílios são da Cecilia Dale (Luiz Macian/Divulgação)

Confira algumas receitas deliciosas de fondue aqui

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s