Plantas brasileiras e toque europeu no jardim de Gilberto Elkis

Verões e invernos, cada um a seu modo, são intensos em Curitiba. Foi pensando nesses extremos que o paisagista Gilberto Elkis planejou este jardim

Curitiba é uma das cidades mais frias do Brasil. Porém, assim como o inverno aqui pode testemunhar geadas e temperaturas negativas, no verão os termômetros batem na casa dos 30 0C. Diante desse clima, foi natural para o paisagista Gilberto Elkis propor uma combinação igualmente eclética: espécies tropicais e plantas típicas de regiões temperadas convivem no jardim de 4 mil m², que inclui piscina, pergolado, deque e horta de temperos. “O conjunto tem uma atmosfera europeia, mas também um quê de tropical, mais exuberante. Não segui um estilo definido e preferi uma mistura dessas influências, o que é a cara da cidade”, diz ele. Apesar da clara opção por folhagens, o cenário de verdes variados também revela outros tons: espalhadas aqui e acolá, gardênias, estrelítzias e agapantos abrem suas flores e perfumam os vários caminhos, estrategicamente demarcados por pisos de mármore em meio à vegetação. Para aumentar o encanto, Elkis apostou em árvores frutíferas, como limoeiros e jabuticabeiras, que fazem do jardim uma boa pedida no inverno e no verão.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s