A primeira casa projetada por Gaudí abrirá como um museu

Está prevista para o segundo semestre de 2017 a inauguração da Casa Vicens, que passa por renovação e promete ser o novo ponto turístico de Barcelona

(Reprodução/Eric Huang/ArchDaily)

Um novo museu deve abrir no segundo semestre de 2017 em Barcelona, Espanha. A Casa Vicens, a primeira casa projetada por Antoni Gaudí, ainda está passando por processos de restauração, mas pela primeira vez, o imóvel, que é Patrimônio Mundial, será aberto ao público.

(Reprodução/Ian Gampon/ArchDaily)

Em 1883, Manel Vicens encomendou ao arquiteto a construção do que seria sua casa de verão. Naquela época, Gràcia, agora um bairro cosmopolita de Barcelona, era uma cidade separada. O edifício permanece completamente independente, sem construções ao seu lado e tem muito destaque no bairro de ruas estreitas e população densa.

(Reprodução/Ian Gampon/ArchDaily)

O projeto é obra-chave para a compreensão da arquitetura de Gaudí e do desenvolvimento do modernismo de Barcelona. Embora a estrutura tenha sido ampliada respeitando o projeto original pelo arquiteto Joan Baptista Serra de Martínez em 1925, o projeto do museu tem tentado preservar a essência de Gaudí, evitando grandes interferências e modernizações.

(Reprodução/Ian Gampon/ArchDaily)

Os arquitetos do projeto de renovação, José Antonio Lapeña, Elías Torres e David García, defendem a essência e a originalidade da obra. Por isso, enfatizam que o principal objetivo do projeto sempre foi mostrar a obra original.

(Reprodução/Ian Gampon/ArchDaily)

O museu vai tentar manter um nível sustentável de turismo, desenvolvendo um plano de baixo impacto turístico que inclui a possibilidade de que a rua na entrada seja parcialmente destinada apenas para pedestres. O ideal é que 20% dos visitantes sejam moradores da região, um grande desafio considerando que o número médio de visitantes locais nos museus de Barcelona é de 10%. Estima-se que 150 mil pessoas irão visitar o local a cada ano, em pequenos grupos e de preferência com reservas on-line para evitar filas que dificultem o funcionamento normal do bairro. A exposição permanente será dividida em três blocos temáticos: a história da propriedade, Casa Vicens como o manifesto essencial da obra de Gaudí e o contexto social, cultural e artístico da casa.

Fonte: ArchDaily

(Divulgação/Revista CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s