As instalações mais incríveis da Bienal de Arte de Veneza 2017

Com o tema "Viva Arte Viva", a 57ª edição do evento fica aberta à visitação até novembro

A 57ª edição da Bienal de Arte de Veneza, um dos festivais de arte mais antigos do mundo,  já está aberta ao público. Em 2017, o evento reúne instalações arquitetônicas e exposições que abrangem diversos temas da vida e da sociedade.

(Bienal de Arte de Veneza/Divulgação)

LEIA TAMBÉM: 10 instalações incríveis da Semana de Design de Milão 2017

Com curadoria de Christine Marcel, a Bienal de Arte de Veneza 2017 fica aberta à visitação até o dia 26 de novembro. Com o tema “Viva Arte Viva”, as instalações foram criadas por artistas, curadores, arquitetos, designers, músicos e refugiados que fizeram suas próprias interpretações. Confira as melhores: 

1. Diálogo: Ettore Sottsass e Carlo Scarpa

(Reprodução/Dezeen)

Setenta peças criadas por Ettore Sottsass e Carlo Scarpa entre 1957 e 1969 ocupam o espaço de dois andares da instalação “Diálogo. Três totens coloridos de um metro e meio de altura ficam na frente do estande. O espaço promove um diálogo entre as obras dos dois italianos. 

2. Werken

Werken. Bernardo Oyarzun. Mapuche masks

A post shared by Marcello Dantas (@marcellodantas) on

Na instalação “Werken”, de Bernardo Oyarzún, mil máscaras de madeira foram espalhadas em um ambiente escuro, iluminado por lâmpadas de LED vermelhas. As máscaras fazem parte da tradição dos Mapuches, povo indígena que vive em regiões do Chile e da Argentina. As máscaras foram confeccionadas manualmente por 40 índios mapuches.

3. Vahjiko Chachkhiani

(Reprodução/Houzz)

Móveis, imagens, luzes e outros itens domésticos são os únicos objetos presentes na cabine criada por Vahjiko Chachkhiani. O artista simulou uma chuva incessante dentro do espaço,  perfurando o teto com centenas de furos e instalando um sistema de irrigação acima. Os visitantes podem acompanhar em tempo real a deterioração do espaço causada pela água. 

3. Green Light

(Reprodução/Houzz)

O projeto Green Light, do Studio Olafur Eliasson, criou um ateliê que reúne visitantes e refugiados para montarem lâmpadas protejadas por Eliasson. O dinheiro arrecadado com a venda delas será doado para duas ONGs que promovem assistência aos refugiados na Europa. O projeto é centrado em colaboração e conversação, com cursos de línguas, seminários e exibições de filmes. 

4. Mark Bradford

(Reprodução/Dezeen)

O artista americano Mark Bradford transformou o imponente Pavilhão dos Estados Unidos em uma ruína. Os visitantes são recebidos por lixo espalhados pelas paredes. 

5. Loris Gréaud

(Reprodução/Houzz)

Para a bienal deste ano, o artista francês Loris Gréaud ressuscitou uma fábrica desativada na ilha de Murano, região famosa pela produção de vidro em Veneza. A fornalha foi transformada em uma linha de produção repetitiva e hipnótica, com os projetores de vidro que trabalham para criar até 1.000 partes que se penduram no telhado da fábrica.

6. Xavier Veilhan

(Reprodução/Houzz)

O escultor francês Xavier Veilhan transformou seu pavilhão em um estúdio de gravação, colocando a música em destaque. O artista remodelou o interior para criar uma concha de madeira facetada, insonorizada e com instrumentos superdimensionados integrados ao chão. Mais de 100 músicos – do clássico ao eletrônico – usarão o estúdio para gravarem seus trabalhos.

Fonte: Dezeen

(Divulgação/CASA CLAUDIA)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s