MAM exibe pintura inédita de Candido Portinari

“Bodas de Caná” será exposta pela primeira vez em 14 de setembro no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

“Bodas de Caná” (1956-57), painel de 4,08m do pintor Candido Portinari.

“Bodas de Caná” (1956-57), painel de 4,08m do pintor Candido Portinari. (Rafael Adorjín/MAM Rio de Janeiro)

O MAM (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro) irá expor, de 14 de setembro a 19 de novembro, a pintura “Bodas de Caná”, elaborada por Candido Portinari (1903-1962) em 1956 e nunca antes vista pelo público.

A obra, feita a pedido de Francisco Clementino de San Tiago Dantas (1911-1964), participante da diretoria do Museu nos anos 50, permaneceu na sala de jantar de sua casa, na zona sul da cidade, por 60 anos.

A têmpera sobre madeira, a pintura retrata o milagre da transformação da água em vinho, feito por Jesus, e foi transferida para o MAM por meio do testamento de Edméa de San Tiago Dantas, viúva de Francisco.

“Bodas de Caná” será a 11ª obra de Candido Portinari pertencente às Coleções MAM, que incluem coleção própria e a de Gilberto Chateaubriand/MAM Rio de Janeiro.

VEJA TAMBÉM: Tapeçaria de Tomie Ohtake ganha nova versão após incêndio no Memorial da América Latina:

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s