Semana Criativa de Tiradentes: o que esperar do evento

Em sua primeira edição, o festival vai reunir design e artesanato na cidade mineira de 26 a 29 de outubro

 (Divulgação/Semana Criativa de Tiradentes)

Promover um intercâmbio entre design e artesanato, resgatar tradições, valorizar o design de raiz e estimular o empreendedorismo e a economia criativa: tudo isto faz parte dos objetivos da Semana Criativa de Tirandentes, novo festival que ocupará a cidade mineira de 26 a 29 de outubro.

 (João Bertholini/Semana Criativa de Tiradentes)

Em sua primeira edição, o festival quer reunir talentos de todos os cantos do país e promover as mais diferentes atividades. As principais são duas imersões que levarão designers para trocar conhecimento com artesãos locais – os móveis e objetos produzidos serão apresentados durante a Semana.

 (João Bertholini/Semana Criativa de Tiradentes)

Ali, Daniela Karam, Maria Fernanda Paes de Barros, Paulo Alves, e a dupla André Bastos e Guilherme Leite Ribeiro, do estúdio Nada se leva, interagirão com a bordadeira dona Maria, o marceneiro e serralheiro Wagner Trindade, o escultor de arte sacra Rondinelly Santos, o escultor em pedra-sabão Expedito Jonas de Jesus e dona Lilia, que produz as cruzes de Tiradentes.

 (João Bertholini/Semana Criativa de Tiradentes)

“O objetivo é que, no futuro, Tiradentes também seja reconhecida por ser um importante polo de discussão de economia criativa, assim como o é em outros segmentos”, explica a jornalista Simone Quintas, idealizadora do evento.

 (João Bertholini/Semana Criativa de Tiradentes)

Além do laboratório com os designers, três exposições acontecerão durante a Semana: Artesãos e Designers, com os produtos criados durante as imersões; 26 anos da Oficina de Agosto, que homenageia o projeto de Antonio Carlos Bech (Toti) com artesãos do vilarejo Bichinho, próximo de Tiradentes; e Projetos Sertões, com fotografias das viagens feitas pelo Nordeste em busca de mestres-artesãos.

 (João Bertholini/Semana Criativa de Tiradentes)

Outros profissionais também marcarão presença no evento por meio de uma série de palestras. Ao todo, são sete: Slow design e qualidade de vida, com Alvaro Guillermo; Criatividade à brasileira, com Clotilde Perez; Retrato da casa, com Lufe Gomes; Clientes são mais importantes do que designers, com Maurício Arruda; Design afetivo, com Paulo Alves; Nosso jeito de morar: um novo olhar sobre a arte popular e o artesanato, com Evelyn Müller e Zizi Carderari, do Projeto Sertões; e Tendências do Morar, com Thaís Lauton.

 (João Bertholini/Semana Criativa de Tiradentes)

No dia 29, último do evento, bordadeiros, tricoteiros, crocheteiros e fuxiqueiros se reunirão no Largo das Forras, principal praça da cidade, para encerrar a Semana Criativa de Tiradentes em um agulhaço.

 (João Bertholini/Semana Criativa de Tiradentes)

VEJA TAMBÉM: Como criar um minijardim de cactos

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s