22 plantas que podem ser cultivadas na água, na terra e no ar

Se você morre de vontade de encher a casa de verde, mas não tem quintal, aqui vai uma boa saída: plantas que se dão bem em ambientes internos

ÁGUA

água copy

Existem dois tipos de plantas aquáticas: flutuantes e semi- -submersas. As primeiras têm raízes soltas debaixo da água, sem terra, e precisam de uma bomba para ajudar na oxigenação. Já as da segunda categoria vêm com terra presa às raízes. “É importante imitar a forma como elas vivem no habitat natural”, diz a paisagista Gabriela Pileggi, do Jardineiro Fiel. Vasos e mesas da L’Oeil, pilastras da Decameron e da Loja Teo, piso de porcelanato da Cerâmica Portinari e tinta da Suvinil.

1. Esta espécie de aguapé consegue aproveitar a iluminação artificial, que deve ser constante.

2. Apesar da raiz volumosa, este aguapé de folhas miúdas também pede a presença de uma bomba de oxigenação.

3. A ninfeia rosa precisa de sol constante. Sua folhagem arredondada flutua na água, e as flores se formam no verão.

4. O inhame-preto gosta tanto de sol quanto de meia-sombra. Ele mantém terra presa às raízes e requer adubação com matéria orgânica.

5. Popular, o alface–d’água é fácil de cuidar: basta ter luz contínua para que ele cresça.

6. Também cultivado a sol pleno, o papiro-brasileiro precisa de uma mistura de terra de jardim com terra vegetal colada nas raízes.

7. A cavalinha se adapta tanto à meia-sombra quanto à luz plena e aguenta bem o tempo frio.

 

TERRA

terra copy

Para tratar das plantas cultivadas na terra, é preciso tomar cuidado com a quantidade de água colocada em cada uma. “Espécies com o caule mais gordinho retêm líquido, por isso podem ser regadas com menos frequência”, ensina a paisagista. Além disso, elas necessitam de um bom substrato para se alimentar, de preferência uma mistura que tenha adubo orgânico, terra comum e areia, porque é dele que a raiz vai retirar os nutrientes.

1. Deixe a figueira-lira perto de uma janela, pois ela gosta de luz natural. Regas três vezes por semana são suficientes.

2. Delicada, a pacová só pode receber luz indireta e precisa ser regada até três vezes por semana.

3. A maranta-variegada prefere luz difusa e meia-sombra. Nas épocas mais secas e quentes, pede água todos os dias.

4. A zamioculca não tolera a luz direta do sol. Coloque pouca água, já que ela é capaz de armazená-la.

5. A calateia-rubi deve ser regada três vezes por semana ou sempre que a terra estiver com o aspecto seco.

6. A espada-de-são-jorge está entre as plantas mais fáceis de cuidar. Isso porque aguenta até 15 dias sem água.

7. Ponha água na aglaonema queen uma vez por semana ou quando a superficie do solo ressecar.

 

AR

Ar copy

Na natureza, as plantas aéreas se prendem em troncos de árvores. “Elas não são parasitas. Apenas absorvem os nutrientes que escorrem pelos galhos com suas folhas e escamas”, explica Gabriela. Em casa, o truque é criar uma base para as raízes se fixarem, em geral composta de musgo e substrato. Está na moda a kokedama, técnica em que a terra ganha o formato de bola, amarrada em cipó. Alimente as espécies borrifando adubo foliar e água em suas folhas uma vez por semana.

1. A bromélia-tillandsia precisa receber luz de forma difusa e ser regada uma vez por semana.

2. Regue a flor-de-maio uma vez por semana ou quando o substrato estiver seco. Prefere a meia-sombra.

3. Lugares bem iluminados, mas sem sol direto, combinam com a renda-portuguesa. Regue três vezes por semana.

4. A orquídea vanda adora água: molhe todos os dias nos meses quentes e duas vezes por semana nos frios.

5. Deixe a ripsális-fita sempre à meia-sombra. Água uma vez por semana é suficiente, porém colocada no substrato e na folhagem.

6. Para manter a catleia bonita, deixe-a perto de uma janela para receber luz por algumas horas. Ela deve ser regada duas vezes por semana.

7. O ripsális gosta de meia-sombra e pode receber água três vezes por semana, mas sem deixar encharcar.

8. Delicada, a avenca precisa de meia-sombra e solo sempre úmido, mas com boa drenagem.

banner_gotoshop_casa

Clique e conheça a loja CASA CLAUDIA!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s