6 cozinhas integradas abertas e lindas

Com um toque de sala de estar, estas cozinhas integradas ganharam revestimentos e móveis estilosos para brilhar na área social da casa

A tendência das cozinhas integradas está muito presente nesses 6 projetos que buscam ampliar e otimizar os ambientes. Veja abaixo:

Tons de concreto e madeira

Cozinha integrada com detalhes de madeira e luz natural

 (André Nazareth/)

Um casal de franceses encomendou ao escritório HouseInRio um projeto que tornasse o terceiro piso de sua cobertura, no Rio de Janeiro, um espaço integrado com o terraço. “Ele queria muita luz natural, vista para a paisagem e a sensação de casa suspensa”, conta o arquiteto Rodrigo Cardoso. Fãs de um estilo mais limpo, os proprietários privilegiaram branco, cinza e o tom mel da peroba-do-campo. A marcenaria dos armários foi desenhada pelo escritório e executado pela Movelaria. O piso de porcelanato é da Portobello, e os móveis, do Arquivo Contemporâneo.

Foco nos azulejos

Cozinha aberta com detalhes de azulejos na parede

 (Renato Navarro/)

Os arquitetos Diogo Luz e José Guilherme Carceles, do escritório Casa 100, apostaram numa cartela neutra nesta cozinha. “O morador pediu um ambiente aberto e despojado, sem muitas cores”, explica José. Assim, a dupla optou por cimento queimado, madeira escura e móveis em tons de cinza, como as cadeiras (Muma) e poltronas (Carbono). Na parede da pia, o painel de azulejos com estampa amarela (Lurca) traz um colorido discreto. Centro de mesa da LS Selection e tábua de madeira e colheres de bambu da Spicy.

Estampa em preto e branco

Cozinha com padrão gráfico preto e branco no balcão

 (Renato Navarro/)

O padrão gráfico do balcão, com ladrilhos da Colormix, faz um conjunto descolado com o pendente amarelo (Lustres Irie), que reúne várias luminárias. Esse é o espírito da cozinha assinada pelo arquiteto Thiago Papadopoli. O projeto buscou a praticidade máxima, como desejavam os proprietários do apartamento. Entre os revestimentos cerâmicos, fáceis de limpar, a madeira aparece para trazer calor. “Escolhi acabamentos neutros para que a estrela do espaço fosse a marcenaria”, explica. Centro de mesa e vaso da LS Selection.

Para apaixonados por vinhos

Cozinha com elementos de madeira e destaque para a adega

 (Renato Navarro/)

A adega (Joshua) ganhou destaque na marcenaria de freijó desta cozinha a pedido do casal de moradores, apreciadores da bebida. Outro hobby deles é cozinhar para os amigos. “Para ter espaço suficiente, tivemos que demolir algumas paredes e integrar ao máximo os ambientes”, explica a designer de interiores Helena Kallas, sócia do arquiteto Bruno Reis no escritório Mandril Arquitetura. No piso, a dupla escolheu aplicar o porcelanato com o aspecto de cimento (Portobello) para a labradora Lara não escorregar. Cadeiras da Vitra, centro de mesa da L’Oeil, panelas da Le Creuset (Doural) e vasos da Collector.

Pitada vintage

Cozinha com ar vintage: cúpulas transformadas em pendentes, piso de granitina, pastilhas na parede e armário ripado

 (Salvador Cordaro/)

As cúpulas garimpadas em antiquários foram transformadas em pendentes nas mãos da arquiteta Nathalia Cantergiani, que divide este apê e a autoria do projeto com seu marido, Cristiano Kunze. Elas dão um ar de estar à cozinha, com piso de granitina, pastilhas na parede e armário ripado (Up Móveis), onde ficam as louças. “Esse é o espaço mais usado na casa, por nós e pelos amigos que recebemos”, afirma Nathalia. As banquetas amarelas (Cometa Design) completam o visual.

Espaço flexível

Ambiente integrado, com predominância de madeira

 (/)

Neste ambiente integrado, assinado pela designer de interiores Marina Linhares, a madeira domina a cena, mas sem deixar a decoração pesada. “Queria algo que fosse elegante e jovem, por isso escolhi misturar o freijó com peças coloridas”, explica. Caso os moradores queiram fazer um jantar informal, basta fechar as portas de correr e isolar a sala de jantar. No espaço da cozinha, mesa da Clássica Design, cadeiras de Carlos Motta e banquetas amarelas da Dpot. Sobre a mesa redonda, pratos da Amoreira e bowl e tábua da Spicy.

banner2017

 (Divulgação/Revista CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s