Arquiteto da Louis Vuitton abre escritório no Brasil

O arquiteto americano Eric Carlson, conceituado por projetos de luxo, como a loja da Louis Vuitton, na Champs Élysées, em Paris, abre a primeira filial de seu escritório parisiense no Brasil.

 

ericcarson

 (/)

De olho no promissor mercado brasileiro, o arquiteto americano Eric Carlson, conhecido por seu trabalho na Louis Vuitton, abre a filial de seu escritório em São Paulo. Por aqui, a Carbondale, que tem a sede em Paris, conta com a parceria da arquiteta paulistana Juliana Cintra do Prado. A ela coube todo a trabalho de gestão dos projetos. O primeiro convite de trabalho veio da família Jereissati: a criação de todo o design de interiores do Shopping JK Iguatemi. Desde então, em 2011, o escritório vem realizando uma série de projetos no Brasil. Conheça algumas obras da Carbondale, em São Paulo e pelo mundo afora. E abaixo, confira a entrevista exclusiva com Eric Carlson.

CASA CLAUDIA LUXO – Você trabalhou com grandes nomes da arquitetura mundial, como Rem Koolhaas. Como foi essa experiência?

ERIC CARLSON – Na Louis Vuitton, o meu trabalho era muito hesitante, porque naquela época (em meados dos anos 1990), as lojas eram compostas apenas por alguns balcões, sem nenhuma inspiração. Eu introduzi o pret-a-porter e a coleção de sapatos. Com isso houve a necessidade de criar lojas maiores par a marca. E foi o que fiz. Fiquei muito contente por estar na vanguarda da arquitetura internacional do “varejo de luxo”. Porém, sempre quis ter o meu próprio estúdio e depois de sete anos, deixei a direção do Departamento de Arquitetura LV para fundar a Carbondele, em Paris. Foi uma oportunidade para expandir a minha experiência no universo do luxo à uma variedade bem maior de projetos, como escritórios, casas, museus, entre outros.

CASA CLAUDIA LUXO – Depois de anos trabalhando na Louis Vuitton, como surgiu a ideia de criar o seu próprio escritório?

ERIC CARLSON – Para um jovem recém formado eu acho que tive muita sorte de trabalhar com esses grandes arquitetos. Com Rem Koolhaas, projetei monumentos urbanos internacionais, tais como museus, teatros e bibliotecas. E com Mark Mack, comecei com desenhos de casas de luxo, na Califórnia e em Rotterdam. Aprendi com os dois as diferenças de abordagens e de atitudes ao criar projetos de grande e pequeno porte.

CASA CLAUDIA LUXO – Qual foi o primeiro projeto no Brasil? Como foi convidado? Vocês já conheciam o país?

ERIC CARLSON – Há mais de cinco anos, eu fui convidado pela família Jereissati, em São Paulo, para projetar o shopping JK Iguatemi. Foi a minha primeira vez no Brasil. Desde então, resolvemos abrir um estúdio de arquitetura por aqui. Agora  cada dois meses eu volto para São Paulo para trabalhar em outros projetos.

CASA CLAUDIA LUXO – Por que montar uma filial da Carbondale no Brasil?

ERIC CARLSON – Meu trabalho gira em torno do luxo, o que significa que tudo tem que sair perfeito. Como nos últimos cinco anos o número de projetos que tivemos no Brasil cresceu demasiadamente, senti a necessidade de treinar uma equipe de profissionais que fosse capaz de acompanhar todo o processo das obras, seja em são Paulo ou em outros estados. Mas faço questão que todos os nossos trabalhos são desenvolvidos na nossa sede, em Paris.

CASA CLAUDIA LUXO – A Carbondale possui projetos espalhados em várias cidades do mundo. Vocês se preocupam com a identidade local?

ERIC CARLSON – Para mim, “Arquitetura de Luxo” significa a elaboração de projetos personalizados, que são desenhados exclusivamente para um único cliente. E sem dúvida estamos sempre preocupados com a cultura local, o clima e o lugar, e para isso desenvolvemos um processo de pesquisa e análise para compreender de forma profunda o cliente e criar uma estratégia para cada circunstância, para local.

CASA CLAUDIA LUXO – Existe uma característica marcante que você identifica emclientes brasileiros?

ERIC CARLSON – Os brasileiros esperam um serviço de alta qualidade em todos os mínimos detalhes. Para mim, serviço é sinônimo de pessoas bem treinadas seja para atender ou para executar o trabalho. E esse foi um dos motivos que eu criei Carbondale Brasil. Toda a equipe fala português para fornecer um serviço perfeito, de alto nível no dia-a-dia.

CASA CLAUDIA LUXO – Existe um interesse em projetar no Brasil residências, além das grandes obras comerciais?

ERIC CARLSON – Cerca de metade do nosso trabalho é composto de casas, restaurantes, iates e uma diversidade de outros projetos não comerciais. A nossa experiência e abordagem de personalização nos permite criar obras exclusivas. Nosso principal desafio é criar projetos emblemáticos nas maiores capitais do país e torná-los excepcionais.

CASA CLAUDIA LUXO – Como você vê a arquitetura e design brasileiro? E quais são as expectativas da CARBONDALE relativas ao mercado interno brasileiro?

ERIC CARLSON – Eu acho que existem muitos arquitetos e designers talentosos por aqui. Encontrei um “know-how” em obras de madeira. No entanto, nos detalhes e na construção há espaço para o avanço. Vejo também uma apreciação grande e crescente para arquitetura e design entre a população em geral. E, é essa sensibilidade de qualidade, que antes era mais focada em quantidade, me deixa otimista sobre o nosso envolvimento no crescimento da arquitetura de luxo no Brasil.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.