Arquiteto português restaura hotel histórico no Rio de Janeiro

O arquiteto português Luis Antônio foi o responsável pelo retrofit do hotel Vila Galé, no Rio de Janeiro. Confira uma entrevista exclusiva com ele e veja as fotos do resultado da reforma

VG_Rio_de_Janeiro_Fachada_4_Baixa

 (/)

Em plena rua movimentada, no centro da cidade do Rio, o hotel Vila Galé é um oásis – em todos os sentidos. Ali, a fachada histórica foi preservada, assim como grande parte dos detalhes da arquitetura original do casario, onde por muitos anos funcionou um tradicional colégio. Pisos de tábuas corridas largas de madeira maciça e corredores revestidos de ladrilhos hidráulicos estampados conferem um ar clássico e elegante ao conjunto, que ganhou também um prédio novo (em menos em evidência) nos fundos do terreno de 6600 m². No pátio interno, o destaque fica por conta da piscina com raia de 25 m, uma surpresa deliciosa em pleno coração nervoso da cidade maravilhosa.

Abaixo, um papo com o arquiteto português Luis Antônio, responsável pelo projeto de reforma, desvenda um pouco do que foi o processo de retrofit desse palacete histórico, que aposta em uma decoração moderna, inspirada no samba e na bossa nova.

 

– O local era uma escola, no passado? E, para o hotel, foi construído um novo prédio e o centro de convenções?

No passado foi uma escola e antes disso uma hotel. Fomos obrigados pelo patrimônio a preservar os 3 edifícios que compunham parte do programa do hotel. Mas, para viabilizar economicamente o investimento, fizemos uma torre nos fundos, com restaurante, centro de convenções e mais quartos. 

 

– Qual o padrão da escolha do mobiliário dos quartos e das demais dependências do hotel

O grupo Vila Galé tinha acabado de inaugurar em Portugal o seu primeiro 5* com uma solução idêntica, composto por uma parte antiga e outra totalmente moderna. Nesse projeto, optou-se por uma decoração clássica na parte antiga e moderna na área nova, o que repetimos aqui. 

O mobiliário é feito de madeira nobre o que dá sempre um requinte aos espaço. Para o Palácio, foi escolhido um tom mais clássico, com peças desenhadas por nossa equipe e que mandamos executar. Tudo exclusivo. 

 

 Como você definiria o estilo da decoração do hotel? Dê exemplos

A decoração do hotel é mista, com o palácio e os prédios preservados, nas laterais, decorados com mobiliário clássico. Já a torre, nos fundos, ganhou uma decoração moderna.

 

– Como foi feita a preservação da área antiga? O que foi mantido e o que foi modificado da construção original?

As construções antigas foram mantidas. No Palácio e nos prédios laterais, preservamos as fachadas e mexemos na configuração interna dos quartos. Foram também mantidas e recuperadas as escadas de madeira existentes. 

  

– Revestimentos internos, como papéis de parede, azulejos e ladrilhos. Por que eles foram utilizados?

Quanto aos revestimentos, procuramos usar materiais que não comprometessem muito a decoração e de fácil manutenção. Por isso mesmo, recorremos à pintura das paredes, pois permite uma rápida intervenção no caso de algum reparo. No entanto, buscamos para cada hotel de nossa rede uma inspiração única e, no caso do Rio de Janeiro, o Grupo Vila Galé recorreu a imagens da história Luso-brasileira, de Samba e Bossa Nova.

  

– A piscina é um dos destaques da construção? Quais as dimensões dela? 

Já existia uma piscina, embora não exatamente no mesmo local. Era importante ter um espaço de lazer e apostamos em um pátio generoso (a piscina tem 25 x 7 m), confortável, que fosse atraente para os hóspedes. Quase um oásis em pleno centro.  

 

– A fachada foi mantida da construção original?  O IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) teve algum papel nesse processo? O tom da pintura teve de ser aprovado pela instituição?

A fachada principal do Palácio foi mantida integralmente, e inclusive fomos obrigados a recuperar os dois torreões que já tinham desaparecido. O patrimônio fiscalizou o processo todo e acompanhou a obra, definindo e aprovando as cores da fachada.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s