Cada uma é de um jeito: 5 salas com mix de cadeiras

Se você não consegue decidir qual a cadeira ideal para ter em volta da mesa, livre-se dessa amarra: a onda é misturar modelos na sala de jantar

1. Pretinho nada básico

01-cada-uma-e-de-um-jeito-5-salas-com-mix-de-cadeiras

 (Lisa Petrole/Revista CASA CLAUDIA)

Para acertar no mix, o arquiteto francês Stephane Chamard ensina um truque: uma única cor dá uniformidade ao composê. No loft canadense projetado por ele, os modelos clássicos, assinados por Verner Panton, Charles e Ray Eames e Harry Bertoia, assim como os contemporâneos de Konstantin Grcic, Philippe Starck e Eugeni Quitllet, são pretos. O colorido vem das fores em vasos das grifes Rosenthal, Jonathan Adler e Venini.

2. O material define o mix

02-cada-uma-e-de-um-jeito-5-salas-com-mix-de-cadeiras

 (Hey! Cheese/Revista CASA CLAUDIA)

Em um apartamento tailandês assinado pelo escritório Hao Design, a conexão entre os modelos está no material: o ferro aparece na estrutura das cadeiras, do banquinho, da mesa e da luminária. “O estilo industrial predomina graças a essa repetição”, diz o arquiteto Trang Hong Van. Sobre a bancada, os azulejos do tipo subway tiles – os queridinhos dos fãs desse visual – ficam ainda mais modernos tingidos num tom clarinho de verde.

3. Pares espelhados

03-cada-uma-e-de-um-jeito-5-salas-com-mix-de-cadeiras

 (MCA Estúdio/Revista CASA CLAUDIA)

O sucesso da mistura elaborada pelas arquitetas cariocas Roberta Moura, Paula Faria e Luciana Mambrini está na simetria: as cadeiras One (Via Manzoni), do designer alemão Konstantin Grcic, e Reflexus (Arquivo Contemporâneo), de Eduardo Baroni, aparecem frente a frente. A fruteira é criação dos irmãos Campana, e os quadros são da Poeira.

4. Nada de perfeição

04-cada-uma-e-de-um-jeito-5-salas-com-mix-de-cadeiras

 (Fran Parente/Revista CASA CLAUDIA)

Desgastadas pelo tempo, as cadeiras no balcão da cozinha são achados feitos pela designer paulistana Ana Strumpf e pelo dono da casa em brechós de Nova York, onde fica o loft. As peças, sem restauro, casam
muito bem com a estética inacabada do projeto. Os pendentes, arranjados de forma desalinhada, são da John Derian.

5. Encontro moderno

05-cada-uma-e-de-um-jeito-5-salas-com-mix-de-cadeiras

 (Renato Navarro/Revista CASA CLAUDIA)

Criada em 1960, a cadeira Panton (Vitra), de Verner Panton, achou seu par perfeito no modelo vermelho De La Warr Pavillion (Established & Sons), desenhada pela dupla inglesa Edward Barber e Jay Osgerbay em 2006. “As cores em contraste definem a beleza do ambiente”, explica o arquiteto Diogo Oliveira, autor do projeto. Ao fundo, retrato de Jean-Michel Basquiat por Bernard Pras e fotografa de Roberto Wagner. Mesa da Micasa e lustre da Moooi, vendido na Firma Casa.

banner_goto

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s