Como aproveitar o espaço e organizar os utensílios na cozinha

Arquitetos e chefs de cozinha motram o que funciona para deixar o ambiente em ordem. Veja ainda quais são as novidades em acessórios e acabamentos das cozinhas planejadas

Depois da reforma idealizada pelos arquitetos Alice Martins e Flávio Butti, esta casa dos anos 1970 ganhou uma cozinha de 38 m². “Com uma área tão ampla, conseguimos dividir o ambiente em setores”, diz Flávio. Duas bancadas ladeiam o espaço: a da esquerda ficou reservada ao preparo de alimentos e abriga a pia, enquanto a da direita acomoda a adega e itens relacionados à hora da sobremesa.

Saiba mais sobre a cozinha reformada por Flavio Butti e Alice Martins

 

Os arquitetos instalaram um armário sob medida, que dispõe de um louceiro com portas de correr. “Ele tem prateleiras reguláveis para se adaptar ao tamanho dos objetos”, explica o arquiteto. Essa flexibilidade é bem-vinda, uma vez que a cozinha deve ser organizada em função do uso. “A louça do dia a dia, por exemplo, precisa ser armazenada numa altura confortável”, aconselha Alain Uzan, chef do bistrô Ville du Vin e especialista em arquitetura de cozinhas. Outro ponto importante para criar a sensação de ordem no projeto de Alice e Flávio foi embutir os eletrodomésticos no mobiliário, em vãos de 95 cm de largura para a geladeira e 1,06 m para os fornos.

Dicas da chef Silvia Sivieri

 

No projeto da cozinha, é preciso avaliar a quantidade necessária de armários e gavetas, a disposição desses compartimentos e as dimensões da bancada. “Acho importante que ela tenha uma altura confortável para trabalhar”, diz Silvia Sivieri, chef do bufê Villa Gourmet. A medida varia entre 85 e 93 cm para a bancada da pia e entre 90 cm e 1 m para o balcão de refeições. Em empresas de móveis planejados, além de encontrar orientação para criar um ambiente ergonômico, você pode optar por sistemas que facilitam o manuseio dos módulos, como prateleiras deslizantes.

Dicas da arquiteta Juliana Pippi e do chef Alain Uzan

 

Depois de planejar a distribuição dos armários, é o momento de pensar na organização dos utensílios. “Hoje, as pessoas desejam itens que favorecem a ordem, a exemplo das ilhas com gavetões”, explica a arquiteta Juliana Pippi. Além da praticidade, leve em conta as questões de segurança. “Sugiro separar uma gaveta com divisórias apenas para guardar facas afiadas e garfos grandes. Isso evita que o usuário se machuque ao procurar algum item menor”, afirma o chef Alain Uzan.

Pinturas, texturas e vidros nos acabamentos

 

Ordem é fundamental, mas quem curte a cozinha de casa não deixa de levar a beleza em conta. Enquanto os armários de laminado branco ainda têm seus partidários, os acabamentos mais calorosos, assim como a mistura de revestimentos, conquistam cada vez mais adeptos. Um passeio pelos showrooms revela o amplo leque de opções, que incluem pinturas e texturas especiais combinadas a diversos tipos de vidro. “Essa variedade facilita personalizar os projetos e atender aos desejos dos moradores”, diz a arquiteta Juliana Pippi.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s