Décor moderno e sofisticado dá o tom a coworking em SP

O sobrado de 1980 foi transformado em um ambiente amplo, bem iluminado e que resgata o melhor do design brasileiro. Confira!

 (Guilherme Pucci/Estúdio Teçá)

Os coworkingsespaços compartilhados que reunem profissionais de diferentes áreas – são a mais nova forma de pensar o ambiente de trabalho. Alternativa aos escritórios tradicionais, eles fazem sucesso por conta da boa infraestrutura e da oportunidade dada aos clientes de aumentar o networking em um local descontraído.

Na Zona Sul de São Paulo, o Estúdio Teçá foi convidado para reformar um escritório de advocacia e transformar o conceito da casa dos anos 1980, tornando-a multiúso: o escritório já existente foi transferido para o andar superior do sobrado térreo foi destinado ao projeto do COWORKING Morumbi.

 (Guilherme Pucci/Estúdio Teçá)

Com uma proposta de resgate de peças de design marcantes do modernismo brasileiro e internacional, os arquitetos Paulo ScheuerRonielle Laurentino otimizaram o espaço, criando ambientes bem iluminados e com dimensões confortáveis.

 (Guilherme Pucci/Estúdio Teçá)

O ponto de partida para o projeto foi trazer amplitude, principalmente por meio da iluminação. A solução foi separar as salas de trabalho com janelas com esquadrias pretas – o desenho quadriculado dos caixilhos permite um maior alcance da luz, além de incrementar o décor.

O marrom e o preto tingem materiais nobres, como o couro e a madeira, contrastando com o branco que preenche todas as paredes, sem exceção. Essa combinação traz um charme único e uma atmosfera sofisticada.

 (Guilherme Pucci/Estúdio Teçá)

Na primeira sala de reunião do coworking, uma grande mesa de mármore carrara contrapõe-se à geometria moderna das cadeiras Sayl, da Herman Miller, com desenho de Yves Béhar, e da luminária metálica de braços articulados de autoria do designer francês Serge Mouille. A brincadeira entre estilos e cores cria um arranjo interessante.

 

Ao lado, um ambiente informal foi construído para que as pessoas possam relaxar e tomar um café nas pausas de trabalho ou entre reuniões. Dispostas em layout espelhado, as poltronas Paulistano, de Paulo Mendes da Rocha, fazem contraste com o tapete geométrico e a parede de tijolos aparentes. A divisória de vidro organiza a circulação entre as salas de trabalho e deixa os espaços mais aconchegantes.

 (Guilherme Pucci/Estúdio Teçá)

O andar superior acolheu o escritório de advocacia com o mesmo conforto de sua antiga sede, com ambientes funcionais, bem iluminados e confortáveis. A área de dois dormitórios foi transformada em quatro salas para uso do escritório.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s