Japan House: o centro cultural japonês chega em maio a São Paulo

Com fachada de madeira, o espaço que mescla cultura, tecnologia e negócios, está, pouco a pouco, ficando pronto na Avenida Paulista

fachada-de-hinoki-japan-house-sao-paulo2

 (Divulgação/Japan House)

Projetada pelo arquiteto Kengo Kuma em parceria com o escritório paulistano FGMF Arquitetos, a Japan House, espaço de cultura, negócios e tecnologia está prestes a ser inaugurada na Avenida Paulista – a casa abre as portas em maio. Kuma trará a São Paulo muitos dos traços que marcam seu trabalho que o fazem reconhecido mundialmente: uso de materiais naturais, como a madeira e o papel, criando espaços leves e luminosos.

fachada-de-hinoki-japan-house-sao-paulo

 (Divulgação/Japan House)

Esta semana, fotos da fachada pronta foram divulgadas. O painel tem 36 metros de largura e 11 metros de altura e conta com mais de seis toneladas de madeira. Parte do material utilizado foi extraído da floresta de hinokis – uma espécie de pinheiro nativo do Japão –, plantada por japoneses na província de Gifu há mais de cem anos. O período remete ao momento em que a Avenida Paulista estava sendo inaugurada, há 125 anos.

artesaos-na-fachada-de-hinoki-da-japan-house-sao-paulo_04

 (Divulgação/)

Cinco artesãos especializados na arte de encaixes de madeira hinoki vieram do Japão exclusivamente para colocar em prática o projeto da fachada. Para que as peças sejam talhadas e encaixadas umas nas outras, é preciso um trabalho minucioso. Antes de vir para o Brasil, a estrutura foi montada e desmontada no Japão para certificar que os encaixes estavam perfeitos. A madeira é considerada sagrada na religião xintoísta e é muito utilizada na construção de templos sagrados.

artesaos-na-fachada-de-hinoki-da-japan-house-sao-paulo

 (Divulgação/Japan House)

O centro trará aos seus visitantes experiências imersivas na cultura e nas tradições japonesas e também colocará o público em contato com o Japão do século XXI. No prédio de três andares, exposições, seminários, workshops e atividades trarão profissionais de várias áreas como arte, design, moda, gastronomia, ciência e tecnologia. Além disso, a Japan House contará com um restaurante, uma loja com produtos produzidos no Japão, uma biblioteca e um café.

banner2017

 (Divulgação/Revista CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s