Jardim para descansar, receber e colocar a leitura em dia

O muro de ripas de madeira e plantas viçosas transformaram os fundos do imóvel num gostoso espaço de descanso.

01-jardim-para-descansar-receber-e-colocar-a-leitura-em-dia

 (/)

Transformar os fundos do imóvel, em São Paulo, num jardim contemporâneo para acolher os amigos e colocar a leitura em dia era o sonho da fotógrafa Vera Abujamra Vasto, que mora com o marido e os dois flhos. Ao encomendar o projeto de paisagismo a Andréa Camasmie, a proprietária fez um pedido especial. “Ela queria criar uma separação entre a casa e a edícula, onde funciona a lavanderia, com a possibilidade de fechar a passagem entre as áreas quando preciso”, conta a paisagista. A solução foi fixar no local painéis ripados de cumaru, que deixam livre um espaço de 1 m de largura. O isolamento, necessário em dias de festa, é conquistado com dois grandes vasos, apoia- dos em pratos com rodízios para facilitar o transporte. Espécies vistosas e uma trepadeira florida completam este charmoso cenário, mantido com podas regulares para conservar o visual sempre limpo e bem cuidado.

02-jardim-para-descansar-receber-e-colocar-a-leitura-em-dia

 (/)

Distribuição harmônica de plantas garante ordem e beleza ao quintal

De folhas largas, a ave-do-paraíso (Strelitzia augusta) (1) requer podas de limpeza, intervenção também recomendada para a unha-de-gato (Ficus pumila) (2). Em vasos, a camedórea (Chamaedorea elegans) (3) aceita áreas sombreadas, diferentemente da castanheira-do-maranhão (Bombacopsis glabra) (4), que pede Sol pleno. Originária da China, a trepadeira jasmim-dos-poetas (Jasminum polyanthum) (5) – muito usada em pórticos, cercas e pilares – tem crescimento moderado e flores de perfume suave, que aparecem no outono, no inverno e na primavera. A manutenção do espaço exige adubação a cada quatro meses e pulverizações mensais para afastar as pragas.

Dicas da especialista

Formada em comunicação visual, Andréa Camasmie se especializou em paisagismo. Com 17 anos de experiência, adora dar destaque a áreas antes pouco valorizadas.

Foto da andrea

Um jardim pode ficar charmoso sem flores?

Claro. Basta escolher as espécies com atenção para brincar com as texturas e a diversidade de tons das folhas. É importante também organizá-las pensando no efeito que deseja obter.

De que forma?

Plantas de folhas largas são ótimas para esconder paredes e vão bem em canteiros rentes ao muro. A unha-de-gato também pode ser usada para esse fm, trazendo uma sensação de aconchego. Costumo indicar trepadeiras de pequena folhagem para treliças ou caramanchões, pois conferem leveza.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s