Na República Tcheca, hotel foi construído com 3 contêineres

Em uma área de camping para surf, o Containhotel possui cinco quartos e pode acomodar até 13 hóspedes

 (Reprodução/ArchDaily)

O escritório Artikul Architects tinha algumas missões claras quando foi convidado para comendar este projeto: o hotel deveria ser temporário, móvel, fácil de desmontar e construído com três contêineres.

 (Reprodução/ArchDaily)

Além disso, a sustentabilidade também era um pedido e era esperado que o projeto fosse autossuficiente e benéfico para o meio ambiente.

 (Reprodução/ArchDaily)

Assim nasceu o Containhotel, contruído em quatro meses em uma área de camping para surf próxima a Litomerice, na República Tcheca.

 (Reprodução/ArchDaily)

“Os contêineres funcionam separadamente e de forma autônoma e são conectados apenas a uma fonte de eletricidade local. O contêiner com as instalações sociais tem um reservatório de água embutido para fornecer aos chuveiros e pias, que são equipadas com torneiras que economizam água. Somente cosméticos biodegradáveis foram usados neste hotel. Há banheiros modernos e que não usam água instalados”, os profissionais explicaram ao ArchDaily, que publicou o projeto.

 (Reprodução/ArchDaily)

“Para evitar que os quartos sobreaqueçam durante o verão, um toldo foi integrado sobre as paredes envidraçadas e as fachadas são cobertas com brises feitos de madeira residual de uma serralheira próxima”, completaram.

 (Reprodução/ArchDaily)

Em sua estrutura foram utilizados dois contêineres embaixo que, com seis metros abrigam os banheiros, a sala técnica, um depósito e um quatro com quatro camas, e um contêiner em cima – com 12 metros, ele acomoda o terraço e quatro quartos.

 (Reprodução/ArchDaily)

O Containhotel acomoda até 13 hóspedes em um total de cinco quartos. No interior, o revestimento escolhido para o teto e as paredes foi contraplacado de bétula e todo o mobiliário foi feito sob medida.

 (Reprodução/ArchDaily)

O décor, minimalista, valoriza a vista, apreciada por meio da parede de vidro que foi instalada em todos os quartos de frente para as camas.

 (Reprodução/Contemporist)

 (Reprodução/ArchDaily)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s