Nesta lavanderia tudo é prático

Acabamentos, disposição dos armários, apetrechos à mão. Tudo isso faz da área de serviço um ambiente mais fácil para trabalhar.

Ninguém duvida que acabamentos bem escolhidos e apetrechos de limpeza sempre à mão simplifiquem, e muito, o dia-a-dia na lavanderia. Nestas 5 áreas de serviço, medindo entre 4 e 14 m², você vai encontrar sugestões para otimizar os espaços. Além de eletrodomésticos e tanque, elas podem até dispor de lugar para o cachorro e os hobbies preferidos. Aproveite também nossa seleção de acessórios. Clique nas imagens para ampliar.

1. Conquistas do planejamento

Na residência da arquiteta Fernanda Feltrini, a área de serviço é clara, espaçosa e funcional. “Assim, fica gostoso cumprir as tarefas do dia-a-dia”, acredita ela, que aproveitou cada centímetro dos 9 m². Na parede mais larga, instalou o armário, com varão para pendurar as roupas passadas a ferro. Num canto, dispôs a máquina de lavar sob a secadora, liberando área para o tanque. O varal ficou num ponto estratégico: entre duas janelas opostas, que favorecem a ventilação cruzada.

2. Em horas vagas, hobbies

  Não bastava ter lugar para as roupas. A área de serviço deveria abrigar uma ampla bancada na qual a moradora pudesse pintar cerâmica e cultivar plantas. O projeto ainda deveria considerar os quadros de luz e telefone, o monta-cargas e os aquecedores a gás. Reunir tudo isso em 14 m² foi tarefa para as arquitetas Ana Cristina Malta e Ana Paula Devechi, que organizaram de toalhas a pregadores em caixas e cestos.

3. Integração com a cozinha

Na reforma, a lavanderia ganhou acabamentos primorosos e fáceis de limpar: aço inox na bancada e porcelanato em piso e paredes. “Esse visual high tech também aparece na cozinha”, avisa a arquiteta Cristiana de Castro. Com enxutos 5 m² , a área pedia soluções espertas: o tanque embutido, tipo cuba, liberou espaço no gabinete e o armário vertical reuniu acessórios, como vassoura, pá, rodo e tábua de passar.

4. Centímetros valiosos

O antigo quarto de empregada deu lugar a esta área de serviço de 4 m². Para o ambiente parecer maior, o arquiteto Gustavo Motta adotou revestimentos claros e uma porta de vidro de correr, que ajuda a iluminar. Não há cantos ociosos, os armários planejados seguem até o forro de gesso. Esse material determinou a fixação do varal na parede, o que evita o risco de desabamento com o peso das roupas molhadas. Reforma executada pela Techcorp.

5. Arejada e ecológica

Projeto da arquiteta Luciana Facio, do escritório Áurea 267, prioriza o meio ambiente. O painel vazado, que garante a ventilação, é feito de pínus, uma madeira de reflorestamento protegida contra cupim e mofo. Já as lixeiras coloridas separam as embalagens recicláveis de metal, plástico, papel e vidro. Os 6 m² ainda renderam um cantinho, embaixo do armário, para Pancho, o labrador de estimação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s