Quatro jeitos de arrumar louças e enfeites para receber amigos

Ao ar livre como num filme italiano ou dentro de casa, num clima acolhedor, estes quatro jeitos de arrumar utensílios e enfeites convidam a festejar e encantar.

Delícia de almoço no quintal

“Sabe aquela vontade de se sentir na Toscana?” É assim, com sabor de paisagem ensolarada, que a arquiteta Tania Eustáquio começa a falar da mesa que montou no quintal de sua casa de vila, em São Paulo, num domingo de tempo bom. “Pensei em algo simples para celebrar com os amigos debaixo de uma árvore.” Ela, que tem até galinha de estimação ciscando pelo jardim, não precisa mesmo de muito para criar uma atmosfera deliciosa. “Fiz essa arrumação com caminhos de tecido e utensílios de diversos tons de verde. Não há peças sofsticadas: os vasos são garrafas e folhas de hera enfeitam os guardanapos. Deixei a natureza prevalecer.”

Mistura bem-humorada

Toalha de crochê preta, guardanapos africanos bem coloridos, cadeiras de modelos diferentes em volta da clássica mesa Tulipa. Para receber um amigo querido para jantar, os designers Alex de Oliveira e Eduardo Aiello inventaram uma bela miscelânea – no mesmo espírito dos objetos que a dupla cria para sua grife, a Montage. “Gostamos da mistura de culturas, de sobrepor camadas para compor um ambiente lúdico, rico de memória e emoção”, conta Alex. Peças das mais diversas origens, compradas em feiras de antiguidades, mercados de pulgas e viagens, se unem e conseguem falar a mesma língua. “Esses nossos achados sempre rendem assunto”, diz Eduardo.

Preciosidades para mostrar carinho

O designer de interiores Ari Lyra, gaúcho radicado em São Paulo, é dono de uma coleção de antiguidades cheia de objetos raros e preciosos. Mas quem disse que ele os mantêm fechados num armário? As peças são usadas constantemente, como nesta arrumação de uma mesa para dois. Na escolha dos utensílios, Ari procurou demonstrar afeto, a começar pelo centro do arranjo: uma obra da artista Rochelle Costi, que agrupa miniaturas de porcelana, foi posta sobre uma cama de musgo e um cesto de palha. Copos Baccarat, louças Limoges e prataria inglesa completam a composição com elegância. “São as misturas que dão personalidade e estilo à casa”, af irma.

A vibração está nos detalhes

A inspiração veio da obra de arte na parede – uma fotografa assinada pela artista carioca Antônia Dias Leite. Com base nela, os arquitetos Beatriz e Caio Andreazza Morbin, do escritório Amma Boutique de Arquitetura, imaginaram esta mesa para um jantar entre amigos. “Da foto, tiramos a ideia de usar o branco e suas diferentes nuances. Ele muda de tom conforme a textura da peça escolhida para o serviço”, explica Caio. Bowls, jarra, candelabro e garrafas de cerâmica fosca se combinam a pratos esmaltados e à mesa laqueada. “O contraste entre as peças da mesma cor é sutil. Para avivar o arranjo, entram os copos de cores vibrantes e formas orgânicas.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s