Receba os amigos com um jantar escandinavo neste inverno

Enquanto faz frio lá fora, abrir a casa aos amigos é a melhor pedida para se divertir. Aqui, o cardápio escandinavo dá o tom do décor, simples e natural

Peles de carneiro tornam a sala ainda mais convidativa. Arranjo de Márcio Leme para a Mil Plantas.

Peles de carneiro tornam a sala ainda mais convidativa. Arranjo de Márcio Leme para a Mil Plantas. (Cacá Bratke (jantar) e Evelyn Müller (produtos)/Revista CASA CLAUDIA)

Koselig. O termo norueguês (pronuncia-se cúshlí) traduz o espírito dos jantares de Denise Guerschman. “Crio uma atmosfera acolhedora, como a das casas de lá”, diz ela.

Estas barrinhas de cereais são servidas acompanhadas de creme de baunilha com mirtilo.

Estas barrinhas de cereais são servidas acompanhadas de creme de baunilha com mirtilo. (Cacá Bratke (jantar) e Evelyn Müller (produtos)/Revista CASA CLAUDIA)

O aconchego tem um porquê. “Com invernos tão rigorosos, o ambiente precisa ser koselig, pois as pessoas saem menos”, explica a chef e food stylist, que usa a experiência de sete anos vividos em Drammen, perto de Oslo, para organizar cardápios típicos da região em eventos mensais.

Dar um destino inusitado a objetos triviais, a exemplo desta jarra (176 reais), tem tudo a ver com o estilo. Colocá-la na bandeja de metal envelhecido (92 reais) só incrementa o charme. Peças da Amoreira.

Dar um destino inusitado a objetos triviais, a exemplo desta jarra (176 reais), tem tudo a ver com o estilo. Colocá-la na bandeja de metal envelhecido (92 reais) só incrementa o charme. Peças da Amoreira. (Cacá Bratke (jantar) e Evelyn Müller (produtos)/Revista CASA CLAUDIA)

O cenário fica em sua sala, na zona oeste paulistana, decorada no mood da Noruega. Em vez de toalha, jogos americanos marcam os lugares à mesa, acompanhados de poucos acessórios.

À esquerda, Denise encomendou as tábuas que leva à mesa na Fashion Chef. Ao fundo, está a parede descascada da sala. “Deixei assim porque ajuda a compor a decoração”, diz. À direita e em cima, estes castiçais de latão da Vitra têm a assinatura de Alexander Girard. Preço: 935 reais, cada um, na Micasa. No centro, o carrinho de chá desenhado por Alvar Aalto pode ser encontrado na Micasa, com preço sob consulta. Embaixo, acessórios de madeira, como os que a chef usa, são a cara da Escandinávia. Aqui, ela prepara a svele, uma panqueca feita à base de soro de leite e sal de amônia.

À esquerda, Denise encomendou as tábuas que leva à mesa na Fashion Chef. Ao fundo, está a parede descascada da sala. “Deixei assim porque ajuda a compor a decoração”, diz. À direita e em cima, estes castiçais de latão da Vitra têm a assinatura de Alexander Girard. Preço: 935 reais, cada um, na Micasa. No centro, o carrinho de chá desenhado por Alvar Aalto pode ser encontrado na Micasa, com preço sob consulta. Embaixo, acessórios de madeira, como os que a chef usa, são a cara da Escandinávia. Aqui, ela prepara a svele, uma panqueca feita à base de soro de leite e sal de amônia. (Cacá Bratke (jantar) e Evelyn Müller (produtos)/Revista CASA CLAUDIA)

“O minimalismo tem a ver com praticidade, pois os próprios moradores cuidam da casa”, fala Lea Loureiro,com quatro décadas de atuação em lojas de design escandinavo.

À esquerda e acima, a taça, além de servir bebidas, é usada na defumação da svele com creme azedo, dill e gravlax (um tipo de salmão curado). À direita, vasos de vidro finlandeses e suecos, dos anos 1960. Custam a partir de 700 reais, cada um, na Acervo Brutto. À esquerda e embaixo, sobre a bandeja (420 euros) da Fritz Hansen aparecem a jarra (262 euros) e o balde de gelo (438 euros) desenhados pelo dinamarquês Arno Jacobsen. À venda na Atec. À direita as xícaras de porcelana de Heloísa Galvão, com exclusividade para a Amoreira, seguem o minimalismo. Valem 285 reais, o par.

À esquerda e acima, a taça, além de servir bebidas, é usada na defumação da svele com creme azedo, dill e gravlax (um tipo de salmão curado). À direita, vasos de vidro finlandeses e suecos, dos anos 1960. Custam a partir de 700 reais, cada um, na Acervo Brutto. À esquerda e embaixo, sobre a bandeja (420 euros) da Fritz Hansen aparecem a jarra (262 euros) e o balde de gelo (438 euros) desenhados pelo dinamarquês Arno Jacobsen. À venda na Atec. À direita as xícaras de porcelana de Heloísa Galvão, com exclusividade para a Amoreira, seguem o minimalismo. Valem 285 reais, o par. (Cacá Bratke (jantar) e Evelyn Müller (produtos)/Revista CASA CLAUDIA)

Outra constante naquele pedaço, a madeira vem associada ao frio. “Materiais que aquecem os interiores são bem-vindos”, aponta.

A simplicidade do décor casa com a do menu: o king crab com creme de alho-poró e maçã verde vem montado sobre uma pedra. Puro estilo!

A simplicidade do décor casa com a do menu: o king crab com creme de alho-poró e maçã verde vem montado sobre uma pedra. Puro estilo! (Cacá Bratke (jantar) e Evelyn Müller (produtos)/Revista CASA CLAUDIA)

Já para aquecer o corpo, vale provar o hidromel, bebida fermentada comum nos brindes vikings. Chame os amigos e renda-se aos nórdicos!

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s