Sandra Fóz transforma a paixão por mesas decoradas em livro

A decoradora reuniu as lindas peças de seu acervo numa obra que também ensina a receber com charme

Enquanto a maioria das meninas brinca de montar cenários para o chá das bonecas, Sandra Fóz já prestava atenção às refeições dos adultos. “Minha mãe, Zulma Cintra Fóz, promovia grandes jantares em nossa casa, sempre com mesas lindas e fartas. Desde pequena esse tema me fascinava”, diz a decoradora. Ao longo dos anos, ela uniu a paixão por arte, decoração, arquitetura e cultura brasileira ao gosto por receber e se tornou uma especialista no assunto. Tanto que acaba de lançar o livro Décor Tables (Magu Comunicação, 200 págs, 120 reais), no qual utiliza lindas peças de sua coleção para compor mesas em diversos estilos. “Sempre gostei de faqueiros, aparelhos de jantar, pratarias, porcelana e cristais. Meu acervo é formado pela rica herança de minha mãe e por objetos que garimpei em leilões e viagens, além de itens que eram da minha sogra. Hoje não frequento mais leilões. Sou capaz de ir à falência por uma peça bonita!”, fala, aos risos. Na entrevista a seguir, a autora descreve o que considera seu maior tesouro dentre os muitos artigos que tem em casa e dá dicas para receber com charme:

01-livro-sandra-foz-decor-tables

 (/)

Que primeira lembrança você tem de uma mesa posta que chamou sua atenção?

Não consigo descrever uma primeira lembrança, mas, ao longo da vida, me impressionei com uma compoteira finíssima num hotel em Hong Kong, na qual eram servidos melões cantaloupe.

Qual de suas peças é o seu xodó e por quê? 

É a navete do século 19 que pertenceu ao Rei Constantino I (1868-1923), da Grécia. Ela me lembra uma bacia para banho de príncipes e princesas, e a vejo como um símbolo de renascimento. É feita de porcelana francesa Vieux-Paris banhada a ouro.

06-livro-sandra-foz-decor-tables

 (/)

Que dica você dá para quem não tem utensílios superluxuosos, mas quer montar uma mesa caprichada para receber os amigos?

Meu livro mostra que colocar a mesa – formal ou informal – corretamente é base para uma composição caprichada, independentemente da procedência e do valor das peças. Uma boa dica é lançar mão de sousplats sobre uma bela toalha ou jogo americano, que pode ser até um mesmo um pano de chita. Eles “levantam” os pratos, criando um outro plano. Abuse das flores.

02-livro-sandra-foz-decor-tables

 (/)

Qual o segredo de uma mesa bacana, independentemente das peças que forem usadas?

Criatividade. Ela é chave para uma composição irreverente, mas não deve ser usada sem levar em conta as regras básicas que explico em detalhes na publicação.

03-livro-sandra-foz-decor-tables

 (/)

O livro estará à venda na Livraria da Vila a partir de 17/12. Para comprá-lo fora de São Paulo, escreva para contato@magucomunicacao.com.  

04-livro-sandra-foz-decor-tables

 (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s