Stranger Things: decoração com um toque de nostalgia

Nova queridinha da Netflix, a série faz um revival da época em que "Should I Stay or Should I Go" ainda era uma novidade nas rádios

giphy-planta-stranger-things-decor-netflix

 (/)

Assistir ao seriado Stranger Things é como embarcar em um DeLorean de volta para o passado. O décor retrô e os objetos antigos dispostos nos espaços, além da própria presença de Winona Ryder, são alguns dos elementos que enchem a tela de nostalgia. Desde que estreou na Netflix, em julho, a série conquistou o público brasileiro e se tornou assunto presente em praticamente todos os grupos de conversa no WhatsApp. 

Ambientada em 1983 na pequena cidade fictícia de Hawkins, a série conta a saga de três pré-adolescentes, Mike (Finn Wolfhard), Lucas (Caleb McLaughlin) e Dustin (Gaten Matarazzo) em busca do amigo Will (Noah Schnapp), que desaparece misteriosamente sem deixar nenhum rastro. Enquanto se aventuram atrás do paradeiro de Will em meio a fenômenos sobrenaturais, o trio conta com a ajuda de Eleven, uma enigmática garota de cabelos raspados (Millie Bobbie Brown).

Os oito episódios são embalados por uma trilha sonora verdadeiramente anos 80: de Joy Division a The Clash. Mas o flashback não acaba aí! Cada espaço abriga móveis de outras décadas e pequenos detalhes retrôs que parecem retirados de algum antiquário. Bote as polainas, ou a calça boca de sino, e venha fazer um passeio nesse túnel do tempo de decoração antiga.

Flores por todos os lados

A casa da família Byers não é apenas um ponto de encontro de fenômenos misteriosos, mas também um acervo de decoração florida. A matriarca Joyce Byers (Winona Ryder) faz de tudo para encontrar o filho desaparecido enquanto circula por sua sala de estar composta por motivos florais, do papel de parede à poltrona. Na cozinha, a estética se repete, já que as quatro cadeiras retrôs da mesa de jantar estão encapadas com estampas florais em tons de amarelo.

A moda não passa despercebida pela vizinhança. Na casa dos Wheelers, pais de Mike, uma grande primavera se forma no corredor que leva os moradores aos quartos. As paredes são pintadas de azul pastel até a metade, já a outra parte é revestida por papel de parede floral. É como se as estampas românticas e campestres da designer inglesa Laura Ashley, que, no passado, difundiu elementos floridos tanto na moda quanto em interiores, invadissem as casas dos moradores de Hawkins.

decoracao-stranger-things

 (/)

decoracao-stranger-things

 (/)

decoracao-stranger-things

Stranger Things (/)

decoracao-stranger-things

 (/)

Lustres vintage

As luzes têm uma função muito mais significativa do que apenas iluminar em Stranger Things, elas também comunicam! Quando não estão exercendo uma dessas duas funções, estão dispostas como um item vintage de iluminação. Na casa dos Byers, por exemplo, o belo lustre bicolor com cúpula vitral é um daqueles objetos que saem do teto diretamente para as prateleiras de antiquários. Outro objeto marcante na casa da família é o lustre pendente estilo disco voador. Quer coisa mais vintage que isso?

decoracao-stranger-things

 (/)

decoracao-stranger-things

 (/)

Filmes clássicos

Stranger Things é reverenciada, inclusive, por fazer um paralelo com filmes famosos da década de 70 e 80. E.T.: O Extraterrestre, Os Goonies e Poltergeist são apenas alguns dos clássicos que influenciam diferentes cenas do seriado. Mas as referências não param aí, já que se transformam ainda em um item décor.

No quarto de Will Byers, embora o papel de parede ilustrado domine a decoração, é na sutil aparição do cartaz de Tubarão, de Steven Spielberg, que o garoto imprime a sua personalidade. Já o amigo Mike Wheeler, que exibe seus inúmeros troféus de feiras de ciências, traduz seu gosto pessoal com o pôster do filme O Cristal Encantado, de Jim Henson e Frank Oz.

Se hoje a programação do cinema é transmitida em um telão digital, antigamente os cartazes de filme tinham dupla função: divulgar e decorar. Foi assim que, um dia, muitos jovens viveram uma epopeia em locadoras para conseguir o pôster de seu filme preferido e exibi-lo como um grande prêmio na decoração de seu quarto.

decoracao-stranger-things

 (/)

decoracao-stranger-things

 (/)

decoracao-stranger-things

 (/)

Sonho de teenager

O quarto de Nancy Wheeler, irmã de Mike, é o dormitório romântico que muitas garotas um dia desejaram ter. O rosa das paredes e o tom suave dos acessórios, como edredom e almofadas, misturados aos motivos fofos dos quadros – de buquês de flores até um gatinho – dão o toque meigo típico dos ambientes com temática de princesa. A delicadeza está também na cama com a cabeceira de ferro ornamentado cujos detalhes deixam o ambiente com um aspecto clássico, com cara de outra década. Isso, inclusive, vem reforçado com os objetos retrôs de Nancy: o telefone azul de fio ao lado da cabeceira, a gravura de pin-up pendurada na parede e os abajures de porcelana dispostos nas cômodas.

decoracao-stranger-things

 (/)

decoracao-stranger-things

 (/)

Peças do passado

Os objetos daquela época são os nossos itens décor de desejo nos mercados de pulga de hoje. Os saudosos telefones com fios aparecem nas mais variadas versões: amarelo, bege, azul, de parede, de mesa. A enxurrada de nostalgia fica ainda mais intensa com os aparelhos de som da época. O toca discos é uma versão mais moderna que também reproduz fitas k7. Mas o destaque mesmo é o rádio portátil, uma mão na roda para quem gravava sua própria seleção de músicas, ou mixtape para os mais íntimos. Não dá para esquecer das televisões em tubo que, para sintonizar perfeitamente em um canal, exigia o ajuste de suas antenas. Apesar de terem caído em desuso – com exceção dos tocas discos, que ressurgiram nos últimos anos –, são artigos indispensáveis para quem quer montar um ambiente retrô cheio de nostalgia.

decoracao-stranger-things

 (/)

decoracao-stranger-things

 (/)

decoracao-stranger-things

 (/)

 

O site ArchDaily publicou as plantas das casas de Mike Wheeler e Will Byers, feitas por Boryana Ilieva:

01-planta-archdaily-stranger-things-boryana-ilieva-netflix

 (/)

02-planta-archdaily-stranger-things-boryana-ilieva-netflix

 (/)

03-planta-archdaily-stranger-things-boryana-ilieva-netflix

 (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s