Sustentável leveza: um estacionamento que merece ser contemplado

Conheça o estacionamento criado pelos arquitetos Herzog & de Meuron, mais uma vez a dupla assina uma obra onde o lúdico brinca com a ousadia.

A construção é impactante, tão simples quanto genial, e tem sido vista por arquitetos do mundo todo como uma estrutura-escultura. Feita de concreto bruto, tem sete andares com vãos livres em diferentes alturas. Os pavimentos estão apoiados em colunas de forma triangular, algumas com recortes, talvez para causar mais sensação de leveza, e dispostas ora com as bases voltadas para o piso, ora para o teto. À noite, iluminada por holofotes posicionados nessas colunas, a estrutura se torna ainda mais instigante para os admiradores de um projeto de vanguarda. O arquiteto Andrés Duany define o parking como “praças públicas no ar”. Na história da arquitetura, apenas outro estacionamento atraiu tanto a atenção: o controverso projeto de Paul Rudolph para a Universidade Yale, em New Haven. Mas o edifício de Miami Beach não é apenas garagem. Foi planejado em todos os detalhes para responder às exigências de outros usos: no térreo, um restaurante elegante, o Rosa Mexicano; em uma área do quinto andar, fica a loja de moda conceitual Alchimist; no sexto, um espaço de eventos; na cobertura, a residência do proprietário, o empreendedor Robert Wennett.  A obra ganha interesse ainda maior quando o espectador descobre a motivação da dupla Herzog & de Meuron para tal estrutura. Uma pista está em seu projeto para o Vitra Haus, showroom da fábrica de móveis Vitra, na Basileia, que remete ao traço primordial de uma casa de criança. No desenho do parking os arquitetos sugerem o equilíbrio perfeito de um castelo de cartas. Há ainda aqueles que também vislumbram ali as colunas de Oscar Niemeyer ou ecos do brutalismo paulista dos anos 1950 e 1960. As interpretações são múltiplas.  E, como afirmava o artista espanhol Francisco Goya, “a arte que não exerce influência é vã”.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s