12 mil painéis solares revestem fachada de escola dinamarquesa

O escritório escandinavo CF Møller venceu uma competição em 2013 para assinar o projeto

 (Adam Mørk/Dezeen)

Tingidos em um tom de azul que se integra à paisagem e remete ao mar vizinho, 12 mil painéis solares revestem a fachada desta escola em Copenhague, Dinamarca.

 (Adam Mørk/Dezeen)

As peças, que cobrem quase que completamente o prédio, foram ideia do escritório escandinavo CF Møller, que venceu uma competição em 2013 para assinar o projeto.

 (Adam Mørk/Dezeen)

No porto de Nordhavn, que está em processo de renovação, a Copenhagen International School for Nordhavn possui 1200 alunos, de três a 19 anos. Composta por quatro torres de alturas diferentes, com cinco a sete andares, a escola conta com biblioteca, espaços para performances, refeitório, salão de esportes e playground no rooftop.

 (Adam Mørk/Dezeen)

“A fachada única do prédio da escola é coberta por 12 mil painéis solares, cada um individualmente em ângulo para criar um efeito parecido a uma lantejoula, que irá fornecer mais da metade do consumo anual de eletricidade da escola. As células solares cobrem uma área total de 6.048 metros quadrados, tornando-se uma das maiores usinas de energia solar integradas à construção na Dinamarca”, o escritório explicou, de acordo com a publicação do Dezeen.

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.