Morre o arquiteto David Marks, responsável pelo London Eye

Ao lado da esposa e parceira, Julia Barfield, o profissional também assinou o i360, a torre de observação móvel mais alta do mundo

(British Airways i360 /Gary Eastwood/Marks Barfield Architects)

Foi anunciada hoje, 9, a morte do arquiteto sueco David Marks.

O escritório Marks Barfield Architects, que leva o sobrenome de David e o de sua esposa e parceira, Julia Barfield, é o responsável por projetos como o London Eye, um ícone londrino, e a i360, torre de observação móvel mais alta do mundo.

(Divulgação/Marks Barfield Architects)

Nascido em 1952 em Estocolmo, o arquiteto cresceu em Geneva, na Suíça, e se mudou para Londres em 1972 para estudar na Architectural Association School, onde conheceu Julia.

“David foi um arquiteto cujo trabalho foi fundado em inovação, excelência de design e na estreita colaboração com outras disciplinas, em particular com engenheiros. Ele acreditava que edifícios e estruturas bem projetados podem melhorar a qualidade da vida das pessoas”, o escritório disse.

(Divulgação/Marks Barfield Architects)

Para o London Eye, seu projeto mais conhecido, David e Julia acabaram não vencendo a competição para a construção, o que incentivou a dupla a encontrar um local, obter as permissões necessárias e hipotecar a casa onde moravam para erguer a roda gigante, inaugurada em 2000. Hoje, o local já atraiu mais de 60 milhões de visitantes.

Outro ponto alto do portfólio do Marks Barfield Architects, o British Airways i360 recebeu o RIBA National Award, prêmio do Royal Institute of British Architects, em 2017. Em ambos os projetos, o casal foi responsável pela decisão de doar 1% das vendas para a comunidade, garantindo melhorias nas áreas locais, como no Jubilee Gardens.

(Divulgação/Marks Barfield Architects)

“Ele deixa um legado de ícones muito queridos, incluindo o London Eye, o Treetop Walkway at Kew e a British Airways i360 em Brighton, que demonstram sua crença no espírito humano e seu desejo de elevar as mentes e o espírito. Ele transformou skylines e sua visão continuará a oferecer inspiração e prazer para as futuras gerações”, os profissionais completam.

Recipiente da Ordem do Império Britânico (MBE) em 2000, David foi reconhecido, no mesmo ano, pelo Prince Philip Designers Prize por sua realização excepcional em design para negócios e sociedade.

(Divulgação/Marks Barfield Architects)

Em entrevista ao Sunday Times em 2016, David Marks disse:

“Arquitetos não param, eles apenas continuam construindo coisas até que fiquem sem ar”.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s