Mt. Fuji World Heritage Centre de Shigeru Ban abre no Japão

Inaugurado neste mês, o centro celebra o reconhecimento do Monte Fuji como patrimônio mundial da UNESCO

Inaugurado neste mês, o centro celebra o reconhecimento do Monte Fuji como patrimônio mundial da UNESCO

 (Divulgação/Shigeru Ban Architects)

Um dos principais materiais da arquitetura japonesa, a madeira reveste o formato cônico invertido do Mt. Fuji World Heritage Centre, em Fujinomiya, Japão, projetado pelo arquiteto local Shigeru Ban e inaugurado neste mês.

Inaugurado neste mês, o centro celebra o reconhecimento do Monte Fuji como patrimônio mundial da UNESCO

 (Divulgação/Shigeru Ban Architects)

Com 4,3 mil metros quadrados, o novo centro homenageia o Monte Fuji e celebra o fato de que o local foi reconhecido, em junho, como patrimônio mundial da UNESCO.

Inaugurado neste mês, o centro celebra o reconhecimento do Monte Fuji como patrimônio mundial da UNESCO

 (Divulgação/Shigeru Ban Architects)

O projeto de Ban foi selecionado após uma competição com outras 237 propostas.

Inaugurado neste mês, o centro celebra o reconhecimento do Monte Fuji como patrimônio mundial da UNESCO

 (Divulgação/Shigeru Ban Architects)

No interior, o destaque é a sala de observação, que oferece vistas panorâmicas da paisagem e foi desenhado para que o visitante sinta que está escalando a montanha em si – tudo por meio de uma rampa espiral de 193 metros.

Inaugurado neste mês, o centro celebra o reconhecimento do Monte Fuji como patrimônio mundial da UNESCO

 (Divulgação/Shigeru Ban Architects)

“Na parte de dentro, existe esse tipo de experiência onde você sobe o Monte Fuji. Ao longo de uma rampa, temos uma projeção de luz muito bonita da montanha. Enquanto você está subindo, pode ver belas imagens das diferentes alturas do Monte. No final da encosta, no último andar, há uma cobertura com uma janela que enquadra o verdadeiro Monte Fuji”, o arquiteto japonês explicou em uma entrevista ao Designboom, que publicou o projeto.

Inaugurado neste mês, o centro celebra o reconhecimento do Monte Fuji como patrimônio mundial da UNESCO

 (Divulgação/Shigeru Ban Architects)

VEJA TAMBÉM: Japan House apresenta instalação mutante de Kohei Nawa

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.