Os países que pagam os maiores salários para arquitetos

Uma pesquisa feita pela ClearEdge3D ouviu 6.500 profissionais ao redor do mundo e identificou os países onde arquitetos ganham mais

 (Reprodução/Pixabay)

ClearEdge3D, empresa americana de escaneamento a laser e modelagem 3D, realizou uma pesquisa com cerca de 6.500 arquitetos ao redor do mundo para identificar onde estão os salários mais altos para esses profissionais. De acordo com o levantamento, a Suíça é o país onde os arquitetos recebem as melhores remunerações: US$ 7.374 (cerca de R$ 24.400) na média geral.

Berna, capital da Suíça, país que oferece os maiores salários para arquitetos

Berna, capital da Suíça, país que oferece os maiores salários para arquitetos (Reprodução/Pixabay)

Seguido dos suíços, os maiores salários para arquitetos estão no Reino Unido (US$ 6.146, cerca de R$ 20.138), Estados Unidos (US$ 5.918, cerca de R$ 19.391), Austrália (US$ 4.750, cerca de R$ 15.564), Canadá (US$ 4.745, cerca de R$ 15.547), Catar (US$ 4.665, cerca de R$ 15.285) e Irlanda (US$ 4.651, cerca de R$ 15.239). No Brasil, a média salarial de um arquiteto é de US$ 2.861 (aproximadamente R$9.375), de acordo com a pesquisa. 

O Reino Unido aparece em 2º lugar na lista dos países com os maiores salários para arquitetos

O Reino Unido aparece em 2º lugar na lista dos países com os maiores salários para arquitetos (Reprodução/Pixabay)

O levantamento ouviu cerca de 6.500 profissionais da área, que responderam perguntas sobre remuneração, aumentos salariais e outras questões relacionadas à carreira. No entanto, é importante ressaltar que os dados obtidos passam por variáveis que interferem no resultado final, como o cargo de quem responde, a empresa onde trabalha e o custo de vida nos diferentes países.

 (Reprodução/Pixabay)

Um aspecto que chama a atenção na pesquisa é a desigualdade salarial entre os gêneros. Segundo a pesquisa, o número de arquitetos que ganham mais de US$ 100.000 por ano é 7% superior ao de arquitetas. O estudo revelou ainda que, apesar do salário menor, o nível de instrução das mulheres é superior ao dos homens. 58% das arquitetas têm diploma de graduação, contra 54% dos arquitetos. 

Fonte: ArchDaily

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s