Pritzker terá integrante brasileiro no júri pela primeira vez

O diplomata carioca André Corrêa do Lago foi o curador do Pavilhão do Brasil na Bienal de Arquitetura de Veneza 2014

 (Reprodução/Arq.Futuro)

Embaixador do Brasil no Japão, André Corrêa do Lago é o primeiro brasileiro a integrar o júri do Pritzker, considerado como o Nobel da arquitetura. O anúncio foi feito em Tóquio durante a premiação dos arquitetos catalães Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta, vencedores deste ano.

Experiente na área, o diplomata carioca foi curador do Pavilhão do Brasil na Bienal de Arquitetura de Veneza 2014 e fez parte do Comitê de Arquitetura do Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMa) por mais de dez anos. Também é autor de livros como Oscar Niemeyer: Uma Arquitetura da Sedução, Ainda moderno? – Arquitetura Brasileira Contemporânea e Claudio Bernardes & Paulo Jacobsen – Percurso de uma Parceria na Arquitetura.

O Pritzker já reconheceu talento brasileiro em edições passadas: em 2006 o premiado foi Paulo Mendes da Rocha e, em 1988, Oscar Niemeyer.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.