Projeto propõe arranha-céu de madeira coberto por árvores

Com 62 metros de altura e 18 andares, o prédio é tido como um novo modelo de arquitetura sustentável em Toronto

(Reprodução/Dezeen)

Em parceria com a empresa canadense Timber, o escritório Penda, com sedes na China e na Áustria, idealizou o projeto de um arranha-céu residencial em Toronto que será construído com uma estrutura modular feita bascimante de madeira laminada cruzada. Com 62 metros de altura e 18 andares, o prédio é tido como um novo modelo de arquitetura sustentável.

(Reprodução/Dezeen)

Batizado de Toronto Tree Tower, o edifício é mais uma das iniciativas canadenses em priorizar a construção de arranha-céus em madeira, aproveitando os créditos significativos (que variam de 10% a 20% do financiamento total) disponibilizados pelo governo do Canadá para projetos que ultrapassem os índices da chamada “pegada de carbono”, que mede a quantidade de dióxido de carbono que produzido diariamente.

(Reprodução/Dezeen)

“Nossas cidades são uma montagem de aço, concreto e vidro. Se você atravessar a cidade e de repente ver uma torre de madeira e plantas, ela criará um contraste interessante. A aparência quente e natural da madeira e as plantas que crescem em sua fachada tornam a vida útil e isso pode ser um modelo para desenvolvimentos amigáveis ​​para o meio ambiente e extensões sustentáveis ​​de nossa paisagem urbana “, afirma Chris Precht, sócio da Penda.

(Reprodução/ArchDaily)

O projeto conta com 4.500 metros quadrados de área residencial, juntamente com 550 metros quadrados de espaço público, incluindo um café, uma creche infantil e oficinas comunitárias. O método de construção com painéis CLT pré-fabricados permitirá que o edifício seja construído de forma mais rápida e com menos resíduos em comparação com as técnicas tradicionais de construção. 

(Reprodução/Dezeen)

Os terraços suportarão grandes sistemas de vegetação, que vão desde hortas e pomares, a jardins com arbustos e até árvores, o que ajudará no resfriamento do prédio e ainda oferecerá privacidade aos moradores. 

(Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s