10 curiosidades que você não sabia sobre a Casa-Museu Ema Klabin

Com mais de 1.500 obras no acervo e pinturas de Marc Chagall, a Fundação Ema Klabin comemora 10 anos reunindo arte e decoração em São Paulo

Em 2017, a Fundação Ema Klabin celebra o aniversário de 10 anos de abertura da Casa-Museu Ema Klabin ao público. Localizado no Jardim Europa, em São Paulo, o museu abriga desde pinturas de Frans Post e Marc Chagall em um acervo com mais de 1.500 obras valiosas. Entre os destaques, estão talhas do mineiro Mestre Valentim, artes decorativas e peças de mobiliário emblemáticas.

Confira algumas curiosidades incríveis sobre o espaço e a vida de Ema Klabin:

1. Palácio Alemão

 (Fundação Ema Klabin/Divulgação)

Assinada pelo engenheiro-arquiteto Alfredo Ernesto Becker, a Casa-Museu teve como inspiração o Palácio de Sanssouci, em Potsdam, perto de Berlim, frequentado por Ema em sua juventude. A mansão levou mais de dez anos para ficar pronta. 

2. As coleções de arte

As obras foram adquiridas por Ema Klabin em galerias e antiquários do mundo inteiro. Uma das primeiras compras, em 1948, foi realizada por indicação de Pietro Maria Bardi, que então iniciava a formação do acervo do MASP.

3. O jardim icônico

Em formato sinuoso e com um deslumbrante lago com carpas, o jardim de Ema Klabin foi projetado por um dos mais importantes arquitetos paisagistas do século 20, Roberto Burle Marx.

4. Primeira pintura sobre o Brasil

No acervo da Fundação, há peças de grande valor histórico como ´Vista de Olinda´ (1650), de Frans Post, uma das primeiras pinturas feitas sobre o Brasil. O quadro fez parte de uma leva de presentes dados pelo conde Maurício de Nassau, que governou o Brasil holandês entre 1637 e 1644, ao rei francês Luís XIV.

 (Fundação Ema Klabin/Divulgação)

5. Orquídeas premiadas

Ema Klabin também colecionava orquídeas e chegou a ter mais de 400 vasos em seu orquidário, com espécies trazidas de todo o mundo. Registrava todas as florações em seus cadernos e chegou a ter vasos premiados em exposições.

6. Caderno de jantares 

Ema registrava todos os seus requintados jantares em um caderno especial, onde anotava desde as porcelanas e pratarias utilizadas, até o menu, toalhas, vinhos e arranjos de flores (tiradas do seu próprio jardim). Recebeu sempre visitas ilustres como Assis Chateaubriand, Magda Tagliaferro, João Carlos Martins e José Mindlin, entre outros. Atualmente, a cada semestre, a mesa da casa-museu ainda é posta reproduzindo um desses jantares.

7. Raridades

Para montar sua biblioteca, com 3 mil volumes, Ema recebeu inicialmente a orientação do bibliófilo José Mindlin. O acervo possui livros raros, abrangendo desde manuscritos iluminados e os primeiros exemplares do livro impresso (incunábulos e edições aldinas), até relatos de viajantes europeus pelo Brasil, datados do século XVI ao XIX, bem como diversas edições ilustradas de luxo, como a coleção dos Cem Bibliófilos do Brasil.

 (Fundação Ema Klabin/Divulgação)

8. Hospital Albert Einstein

Ema dedicou-se a inúmeras atividades filantrópicas e assistenciais, dentre as quais se destaca a doação do terreno para a construção do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

9. Preciosidades da História

A coleção de Ema Klabin possui um caráter panorâmico e histórico, com muitas preciosidades. A peça mais antiga é uma taça chinesa em bronze do século XIV antes de Cristo, e a mais recente é uma gravura de Renina Katz de 1987. Entre uma e outra, são quase 3.400 anos de história e de arte.

10. MAM 

Na década de 70, sem ter herdeiros diretos e preocupada com o destino de sua coleção, a colecionadora passou a consultar especialistas para auxiliá-la na escolha das instituições aptas a receber coleção. O incêndio do Museu de Arte Moderna do Rio, MAM (1978), no entanto, fez com que optasse por criar em sua casa um museu aberto à visitação pública.

Veja também

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s