Banksy toma as ruas de Paris com sete obras provocativas

Com a discussão sobre a crise migratória em alta na Europa, o grafiteiro abordou essa e outras questões polêmicas em suas pinturas em Stencil

Conhecido por assinar obras de teor político, o artista anônimo Banksy confirmou a autoria de sete novos murais que apareceram em Paris nos últimos dias.

Os grafites abordam a crise migratória europeia, em um momento e que a questão é debatida pelos principais líderes políticos do continente. Na quarta-feira passada (20), Dia Mundial do Refugiado, pedestres notaram no norte da cidade o stencil de uma menina negra pintando um papel de parede rosa em cima de uma suástica.

Em uma outra obra, um rato, marca registrada de Bansky, aparece segurando um cortador de caixas no Centro Pompidou. Os trabalhos foram atribuídos à Banksy pelo site Artistik Rezo, mas logo depois, o artista postou em seu próprio instagram uma foto do stencil com a legenda “Cinquenta anos desde a insurreição em Paris 1968. O berço da arte moderna em stencil.”

Em setembro do ano passado, o grafiteiro pintou dois murais em Londres em homenagem ao artista Jean-Michel Basquiat. Especula-se que Banksy seja, na verdade, o vocalista da banda Massive Attack, Robert Del Naja, mas essa informação nunca foi oficialmente confirmada.

Veja mais fotos dos grafites de Banksy em Paris.

https://www.instagram.com/p/BkiP-yVHYNE/?tagged=banksy

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.