Frida Kahlo vira ícones da cultura pop em mostra no Metrô de SP

A exposição ArteSóFrida homenageia a artista mexicana em reinterpretações inspiradas em nomes como David Bowie, Nirvana e o Pequeno Príncipe

Frida Kahlo em releitura do álbum “Aladdin Sane”, de David Bowie

Frida Kahlo em releitura do álbum “Aladdin Sane”, de David Bowie (Juliana Juaquina/Divulgação)

A exposição ArteSóFrida, da artista Juliana Juaquina, desembarca na estação Clínicas, da Linha 2-Verde do Metrô de São Paulo, a partir de quinta-feira (10). A mostra é uma homenagem à artista mexicana Frida Kahlo, que estaria completando 110 anos de vida em 2017.

LEIA MAIS: 5 peças de decoração inspiradas em Frida Kahlo

São 17 obras que reinterpretam a figura de Frida em releituras de obras clássicas da cultura pop como David Bowie, Nirvana e o Pequeno Príncipe. A exposição gratuita fica em cartaz na estação durante todo o mês de agosto.

“Princesa Frida”, releitura do clássico “O Pequeno Príncipe”, de Saint-Exupery

“Princesa Frida”, releitura do clássico “O Pequeno Príncipe”, de Saint-Exupery (Juliana Juaquina/Divulgação)

Entre as imagens, estão a “Maria Frida Bonita”, representando a primeira mulher a participar de um grupo de cangaceiros. Há ainda a “Frida Nevermind”, com a pintora em uma capa da banda Nirvana, e “Frida Spock”, como uma das personagens do filme “Jornada nas Estrelas”.

Frida Kahlo também é representada no lugar do abaporu na tela “Antropofagia”, de Tarsila do Amaral. As obras são produzidas digitalmente em softwares de ilustração e edição de imagens.

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.