Novo prédio da Pinacoteca abrigará arte contemporânea

O museu acaba de conquistar complexo arquitetônico com edifício projetado por Hélio Duarte, importante arquiteto modernista

Fachada do novo prédio da Pinacoteca, que abrigará a Pina_Contemporânea.

Fachada do novo prédio da Pinacoteca, que abrigará a Pina_Contemporânea. (Levi Fanan/Pinacoteca de São Paulo)

A Pinacoteca de São Paulo anunciou no último dia 13 a conquista de novo complexo arquitetônico onde funcionará a Pina Contemporânea, que receberá exposições de obras das últimas décadas, oficinas, programação cultural e promoção de atividades que integrem o entorno do museu com o novo edifício.

Pina Contemporânea - Pinacoteca de São Paulo Novo prédio da Pinacoteca, que abrigará a Pina_Contemporânea.

Novo prédio da Pinacoteca, que abrigará a Pina_Contemporânea. (Levi Fanan/Pinacoteca de São Paulo)

O novo prédio está localizado a 50 metros do edifício da Pina Luz, na Avenida Tiradentes, em um terreno situado ao lado do Parque da Luz. O espaço sediou, até 2014, o Grupo Escolar Prudente de Moraes, hoje ocupando novas instalações no mesmo bairro. O complexo possui ao todo 6908 m², com 3190 m de área construída, e foi originalmente projetado pelo Escritório Ramos de Azevedo, que também assina os outros dois edifícios da Pinacoteca (Pina Luz e Pina Estação). Após incêndio ocorrido em 1930, foi substituído, em 1950, por um edifício projetado por Hélio Duarte, importante arquiteto modernista. No seguindo semestre de 2018, a instituição convidará arquitetos aptos a realizar projeto para adequação do edifício. E em 2019, será executado um plano de captação de recursos para as obras. Por isso, ainda não há previsão de quando a Pina Contemporânea receberá exposições e atividades.

Novo prédio da Pinacoteca, que abrigará a Pina_Contemporânea.

Novo prédio da Pinacoteca, que abrigará a Pina_Contemporânea. (Levi Fanan/Pinacoteca de São Paulo)

“Este é um importante momento da história da Pinacoteca, uma nova oportunidade para – conforme nossa missão – promover a experiência do público com a arte, estimular a criatividade e a construção de conhecimento”, comenta Jochen Volz, diretor geral da Pinacoteca. “Há tempos a Pinacoteca ansiava por mais espaço para expandir sua coleção e aprofundar sua programação pública, sobretudo enfatizando sua relação com os moradores e entorno dos bairros da Luz e do Bom Retiro”, completa Volz.

Pina Estação - Pinacoteca de São Paulo Prédio da Pina_Estação.

Prédio da Pina_Estação. (Divulgação/Pinacoteca de São Paulo)

Pina Estação - Pinacoteca de São Paulo Prédio da Pina_Estação.

Prédio da Pina_Estação. (Divulgação/Pinacoteca de São Paulo)

Siga CASA CLAUDIA no Instagram

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s