De Disney a James Bond: a história da luminária Anglepoise

Prática, a luminária original foi projetada para ambientes de trabalho. Saiba como ela se tornou uma das peças de design mais conceituadas do mundo

Até agora, Design de Origem tratou apenas da história de peças de design memoráveis produzidas por brasileiros. Hoje, estreio com nosso primeiro objeto gringo: a luminária Anglepoise.  Mundialmente celebrada, ela está prestes a completar seus 90 anos de vida. Projetada pelo designer e engenheiro automotivo britânico George Carwardine, ela passou por diversas adaptações até chegar à luminária que admiramos hoje.

O primeiro modelo data de 1932, com um desenho nunca antes visto, que oferecia uma combinação de liberdade de movimentos com equilíbrio oferecido pelo sistema patenteado de molas. Em dois anos a Anglepoise se tornou um sucesso sem tamanho, tão grande que a pequena empresa não era mais capaz de suprir a demanda pela luminária. Foi então que, em 1934, o designer licenciou o projeto para a distribuição e produção mundial, em parceria com a Herbert Terry & Sons.

Primeira versão da Anglepoise, desenhada em 1932 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Desse licenciamento surgiu a célebre colaboração entre George Carwardine e Herbert Terry. Em 1935, um ano após o início da distribuição mundial, os profissionais decidiram retrabalhar o design da luminária juntos, e a partir dessa parceria, o modelo que todos conhecem, a Anglepoise 1227, surgiu. Esse mesmo desenho é produzido até os dias hoje.

Inúmeras são as aparições curiosas da peça mundo a fora. É a luminária que decora o apartamento de James Bond em 007 Spectre; serviu de inspiração para a criação do famoso curta “Luxo Jr.”, da Disney, que logo se tornou o logo da companhia; e há quem diga que cada uma das mesas do MIT – Massachusetts Institute of Tecnology – conta com uma dessas.

Anglepoise 1227 em destaque no apartamento de James Bond (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Um exemplar dela está presente no Design Museum, como um lembrete eterno das ideias inovadoras de seus designers.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s