Design futurista direto dos anos 1960

A cadeira Bubble é apenas uma das inúmeras criações inovadoras e conceituais do finlandês Eero Aarnio, e consagrou-se um ícone do design industrial

Um aro de aço, uma estrutura de acrílico transparente e um assento de couro, todos suspensos por uma enorme corrente presa ao teto. Essa é a cadeira Bubble, um móvel que parece ter se teletransportado direto de uma cena de Os Jetsons, mas na verdade foi desenhada pelo icônico Eero Aarnio em pleno verão de 1968.

O ponto de partida para a Bubble foi uma outra cadeira, muito semelhante, também de Aarnio: a cadeira Ball (1962). “Depois que eu criei a Ball, tive vontade de instalar algumas luzes dentro dela, então surgiu a ideia de uma bola transparente, onde a luz poderia vir de todas as direções”, conta o designer. “O único material adequado era o acrílico, que é aquecido e soprado na forma como uma bolha de sabão”, completa.

Sala do apartamento de Nino Nogueira, reformado pelos arquitetos Paulo Melo e Paulo Andrande

Sala do apartamento de Nino Nogueira, reformado pelos arquitetos Paulo Melo e Paulo Andrande (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Ninguém nunca havia pensado em um móvel com as características que a Bubble tem. Eero Aarnio precisou, inclusive, desenvolver com um fabricante uma forma tecnicamente possível de soprar o acrílico no tamanho necessário para sentarmos dentro. Na época, um pedestal de acrílico totalmente transparente não tinha como ser produzido, e foi daí que surgiu a concepção de ter a cadeira pendurada no teto.

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Seu design garante uma acústico especial, permitindo ao usuário uma experiência individual de isolamento e conforto, mesmo no meio de uma sala com pessoas fazendo barulho. Ela é descrita por Aario como “uma sala dentro da sala”.

Muitas vezes é usada como um símbolo da década de 1960, quando a IBM lançou o primeiro chip, o homem pisou na lua pela primeira vez e a sonda norte-americana Mariner 6 finalmente chegou ao planeta vermelho.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s