“Flat lay”: tendência para fotografia no Instagram

Nessa técnica fotográfica, os objetos são clicados do alto. Entenda!

Você pode até nunca ter ouvido falar em “flat lay”, mas, provavelmente, já viu muitas fotos nesse estilo no seu Instagram. Trata-se de uma técnica de fotografia, na qual os objetos que compõem a imagem são alinhados em uma superfície plana e registrados de cima para baixo, valorizando, assim, a composição e os detalhes de cada peça.

De acordo com o portal de tendências Creative Review, o termo surgiu em 1987 quando Frank Gehry, um faxineiro de uma fábrica de móveis, organizava diariamente as ferramentas e peças que encontrava jogadas ao redor do galpão em uma mesa com fundo neutro em ângulos de 90 graus. O “modelo de organização” ficou conhecido pelos seus colegas e ganhou o nome “knollin”, fazendo referência à Knoll, marca de cadeiras que era produzida no local.

Em 2009, o escultor Tom Sachs, que costumava  frequentar a fábrica que Gehry trabalhava, adotou o método como forma de arte. Ele passou a clicar seus trabalhos finalizados sempre de cima. Seus registros fizeram sucesso ao redor do mundo. Desde então, surgiram as fotos em flat lay tiradas de celular e postadas em redes sociais. Não à toa, no ano passado a Shutterstock, agência de banco de imagens, lançou um Infográficos de Tendências Criativas e provou a ascensão desse estilo de fotografia no universo da criação.

Agora, eu te desafio: faça uma busca rápida na palavra #flatlay no Instagram e surpreenda-se.

Até a próxima coluna,

@agomiero

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Aline Gomiero, cheque suas fontes. Frank Gehry é um arquiteto canadesne naturalizado americano renomado e ganhador de vários prêmios. NUNCA foi faxineiro. Ele simplesmente era dono da loja em LA onde esse faxineiro que vc menciona na matéria trabalhou e fotografa suas peças organizadas de forma angular. Os móveis na epoca foram criados para a Knoll e e a sua forma de organizar as peças e depois fotografá-las com a técnica hoje conhecida por flat lay originou o termo “knolling”, por conta da Knoll. Uma rtista de nome Tom Sachs que na epoca também trabalhava para Gehry, viu as composições do faxineiro, Andrew Kromelow, e montou uma peça com suas composições popularizando a técnica que hoje virou tendência nas redes sociais no mundo todos. Vc menciona a Creative review mas deturpa as informações. (https://creativemarket.com/blog/what-is-knolling-the-overhead-photography-trend-explained). Pelo amor de Deus, corrija.

    Curtir