O novo náilon da Prada

Designers e arquitetos criam peças com o material para o desfile masculino da grife

Desfile masculino 2018 da Prada Passarela da Prada

Passarela da Prada (Divulgação/Prada)

Como repensar um material icônico de uma marca? Em resposta a esta pergunta, a Prada lançou, durante a Pitti Uomo, a semana de moda masculina em Florença, a nova edição do projeto Prada Invites. A grife desafiou um grupo de designers a criar peças com o náilon, um material que está na base da história da grife. Nas mãos da Prada, ele saltou do universo militar e industrial para as passarelas, propondo um toque de transgressão no mundo do luxo.

Os premiadíssimos irmãos Ronan & Erwan Bouroullec apostaram em uma pasta folder. “Sempre gostei da imagem de arquitetos, pintores e estudantes andando pelas ruas com seus portfólios. Admiro a limpeza de formas, sua geometria estática em contraste com o movimento do corpo… O projeto pega essa ideia e a aplica a uma bolsa a tiracolo, com seus elásticos, ilhoses e cor sólida, numa brincadeira gráfica sutil”, diz Ronan.

Desfile masculino 2018 da Prada Look assinado em colaboração com Jacques Herzog e Pierre de Meuron

Look assinado em colaboração com Jacques Herzog e Pierre de Meuron (Divulgação/Prada)

Veja também

Já o designer alemão Konstantin Grcic foi buscar inspiração nos trajes impermeáveis de pesca. “Meu primeiro insight foi recriar a famosa roupa de pesca de Joseph Beuys em náilon preto. Depois caminhei para algo mais abstrato, como um avental e um capuz”, explica. A dupla de arquitetos suíços Herzog & de Meuron optaram por desenvolver estampas com texturas especiais para parte da coleção. E o arquiteto e urbanista Rem Koolhaas desenvolveu um colete reforçado, cheio de zíperes, bem utilitário. Estes foram apenas alguns dos destaques, que você pode conferir na galeria abaixo. Ao todo, foram quatro abordagens que revelam como o náilon pode ganhar características práticas, poéticas ou estéticas diferentes. A apresentação, durante o desfile de outono/inverno masculino 2018 aconteceu no armazém da Prada da Vila Ortles. O espaço foi todo preparado para provocar nos convidados uma sensação surreal, uma experiência repleta de cores e formas em contraste com o náilon preto das criações.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s