Quanto maior, melhor

Os shapes geométricos estão de volta na moda e no décor

O exagero sempre foi um dos motores mais divertidos da moda. Comme des Garçons, Yohji Yamamoto e, mais recentemente, a inventiva Vêtements que o digam. Subverter as curvas do corpo e propor novas formas, com volumes por vezes estratégicos, e às vezes nem tanto, mexe com nossos conceitos e expande os limites da moda. Na edição de agosto de CASA CLAUDIA, exploramos este universo em nossa capa e no ensaio Siga a Curva. Volumes orgânicos, geométricos, círculos. Veja o que a moda e o décor têm de novo nesse cenário.

Veja também
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.