Artesanato japonês com toque escandinavo

No projeto Japan Handmade, a tradição japonesa se une ao design contemporâneo escandinavo

Apesar de estarem a mais de 8 mil quilômetros de distância existe uma curiosa afinidade entre o design e o décor japoneses e escandinavos. O Japão é reconhecido pelo mundo por seu estilo minimalista, pureza nos detalhes ou quase detalhe nenhum de tão sintético que costumam ser os seus traços. Na mesma linha, o estilo escandinavo traz simplicidade, leveza e funcionalidade aos objetos e ambientes. Eles não falam a mesma língua, mas compartilham o gosto por madeiras claras, branco, ambientes bem iluminados e sem excessos.

Imaginar uma possível combinação entre estes dois estilos já não é tão complicado depois da criação do Japan Handmade. O projeto é fruto da união entre organizações de artesanato tradicionais japonesas com os dinamarqueses Thomas Lykke e Anne-Marie Buemann, donos do renomado estúdio de design de interiores e de produtos OEO.

Sede da HOSSO, a empresa japonesa confecciona tecidos artesanais desde 1688 em Kyoto.

Sede da HOSSO, a empresa japonesa confecciona tecidos artesanais desde 1688 em Kyoto. (Divulgação/Divulgação)

O casal revela: “Nós amamos o Japão, o país sempre foi uma grande inspiração pessoal e para o nosso trabalho”. O primeiro projeto conjunto aconteceu em 2011 com a HOSOO, uma empresa de tecidos de Kyoto fundada em 1688. A ideia era manter o charme e caráter artesanais mas trazer um toque contemporâneo. O desenho das estampas ficou a cargo da dupla, já os artesãos cuidaram de sua confecção manualmente perfeita. Além disso, o estúdio OEO cuidou do reposicionamento de marca da tecelagem visando uma abordagem fresh e antenada com mundo moderno. Hoje a empresa japonesa colabora para projetos de interiores e grandes marcas da indústria da moda. Já estão em seu portfólio: Dior, Chanel, Louis Vuitton, Bvlgari, Hyatt Regency Kyoto Hotel e seus tecido fazem parte do acervo permanente do museu de design Cooper Hewitt em Nova Iorque.

Thomas Lykke e Anne-Marie Buemann, fundadores do estúdio OEO e membros do projeto Japan Handmade

Thomas Lykke e Anne-Marie Buemann, fundadores do estúdio OEO e membros do projeto Japan Handmade (Marie Louise Munkegaard/Divulgação)

O Japan Handmade mudou o modo como os artesãos geriam suas empresas familiares. E os membros do projeto se tornaram modelos para as novas gerações de organizações artesanais do Japão inteiro.

Thomas Lykke and Anne-Marie Buemann

Depois deste primeiro contato, Masataka HOSOO, décimo segundo da geração a trabalhar com os tecidos da família, apresentou Thomas e Anne-Marie a quatro outras organizações artesanais: Kaikado, Nakagawa Mokkougei, Kohchosai Kosuga e Kanaami-Tsuji. E assim surgiu o Japan Handmade.

HOSSO
Data de fundação: 1688
Especialidade: Tecidos
Site: www.hosoo-kyoto.com

 

KAIKADO
Data de fundação: 1875
Especialidade: Latas de chá
Site: www.kaikado.jp

 

NAKAGAWA MOKKOUGEI
Especialidade: ki-oke

 

KOHCHOSAI KOSUGA
Data de fundação: 1898
Especialidade: Bambu
Site: kohchosai.co.jp

 

KANAAMI-TSUJI
Especialidade: Utensílios de trama de metal
Site: www.kanaamitsuji.net

Este foi o projeto mais recompensador que já fizemos e para nós isto o que é design.

Thomas Lykke and Anne-Marie Buemann
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s