Vamos moldar!

Na busca por ressignificar objetos, fui até o norte de Portugal para contar um pouco sobre os moldes de maquinários antigos

 (Divulgação/ad.studio)

Desta vez, fui até o norte de Portugal em busca de objetos antigos e inusitados, que pudessem incorporar outros usos. Aqui, vou mostrar como moldes de maquinário antigos, a maioria feitos em pinho, podem ganhar novas funções.

Diploma

 (Divulgação/ad.studio)

No final do século XIX estes moldes de maquinário portugueses formavam parte de uma indústria de curtume chamada “Nova empresa Industrial de Curtumes SA.” Na foto acima, o diploma da fábrica.

 (Divulgação/ad.studio)

Moldes são a concretização dos exemplos a serem seguidos. Uma vez estabelecidos, são reproduzidos. Mas como uma peça tão diferente e, aparentemente, tão distante da nossa realidade, pode encaixar em uma decoração e até mesmo no nosso dia a dia? Fácil! Quando pensamos em preencher uma parede, na maioria das vezes, quadros vêm à nossa cabeça. Aqui, ao invés deles, colocaremos os moldes. Veja algumas ideias:

 

 (Divulgação/CASA CLAUDIA)

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.