Instalações artísticas colorem cidades ao redor do mundo

Quando o cinza das metrópoles perde espaço para a alegria das cores vibrantes em obras de arte

Instalação colorida em Tóquio A artista Emmanuelle Moureaux usou 100 tons diferentes para montar esta espiral em um átrio de 6 metros de altura.

A artista Emmanuelle Moureaux usou 100 tons diferentes para montar esta espiral em um átrio de 6 metros de altura. (Daisuke Shima/Emmanuelle Moureaux Architecture)

Cinza é a cor padrão das grandes cidades, mas a arte está aí para nos surpreender. Há muitos artistas pelo mundo pensando em trazer um certo alívio visual para quem circula entre avenidas movimentadas e prédios sisudos. Eles criam belas paisagens e instalações cheias de cores e deixam a rotina mais leve, atraem os olhares e nos oferecem a beleza de suas obras para que possamos contemplá-las livremente. Veja abaixo alguns exemplos que separei para você.

Instalação em Lima Criada pelo artista Hense, esta pintura trouxe cores e formas a um prédio antigo.

Criada pelo artista Hense, esta pintura trouxe cores e formas a um prédio antigo. (Christian Rinke/Hense)

Hense usou mais de 200 galões de tinta para criar esta pintura em um prédio na área central de Lima, no Peru. Com a ajuda de dez profissionais ele trabalhou durante um mês para finalizar o desenho, que é o maior que já fez até hoje, com 40 metros de altura e 50 metros de largura.

Tecidos e cores Em Sydney, Katharina Grosse montou uma instalação com 8 mil metros quadrados de tecido.

Em Sydney, Katharina Grosse montou uma instalação com 8 mil metros quadrados de tecido. (Zan Wimberley/Katharina Gross)

A artista Alemã Katharina Grosse criou uma instalação onde convida a população a entrar dentro de uma tela. A estrutura foi montada dentro de um galpão e o tecido foi todo costurado e drapeado nas colunas e vigas do lugar.

Túnel cor-de-rosa Esta passagem colorida faz parte de um conjunto de intervenções urbanas, em Quebec.

Esta passagem colorida faz parte de um conjunto de intervenções urbanas, em Quebec. (Stéphane Bourgeois/Exmuro)

Este túnel com batentes cor-de-rosa faz parte do projeto The Passages Insolites, criado pela organização Exmuro. São obras divertidas de vários arquitetos e designers, que questionam nossa relação com o mundo e o espaço urbano.

Floresta colorida Em Tóquio, esta floresta de papéis coloridos foi criada por Emmanuelle Moureaux.

Em Tóquio, esta floresta de papéis coloridos foi criada por Emmanuelle Moureaux. (Daisuke Shima/Emmanuelle Moureaux Architecture)

Assinada pela arquiteta Emmanuelle Moureaux, esta instalação de papéis foi feita para comemorar os dez anos do Centro de Artes de Tóquio. A obra feita de papel, chamada Floresta de Números, conta com cerca de 60 mil números coloridos, organizados em colunas e suspensos no teto.

Instalação em Londres A designer Camille Walala criou uma instalação colorida para divertir os passageiros de uma estação de metrô.

A designer Camille Walala criou uma instalação colorida para divertir os passageiros de uma estação de metrô. (Gilbert McCarragh/Camille Walala)

Durante o London Design Festival de 2017, a designer Camille Walala criou esta montagem de objetos infláveis ao lado da movimentada estação Liverpool Street. A ideia da artista foi proporcionar um momento de descontração aos pedestres que passam estressados por ali diariamente.

Aqui em São Paulo, volta e meia nos deparamos com grafites lindos espalhados em nossa paisagem. Eu, que adoro ser turista na minha própria cidade, vivo fotografando essas obras para registrar no meu perfil do Instagram. Dá uma olhadinha nesta aqui embaixo, encontrada na Rua Oscar Freire:

Até o próximo post!

@nadiasimonelli

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.