A decoração que veio do mundo

Multicultural, a decoração viaja pelo mundo: artesanato indígena, peças orientais e lembranças de viagem se harmonizam neste sobrado cheio de cor

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

“Miscelânea” é a palavra que a chef Letícia Massula usa para descrever sua casa, onde vive com o marido, o cardiologista Marcelo Pedro, e na qual comanda o bufê Cozinha da Matilde. A paixão do casal pelas viagens e pelos objetos trazidos na bagagem é vista em cada canto. “Acho que a mistura dá certo porque cada peça conta uma história”, diz. Quadrinhos de Parati, cestos indígenas e bordados mineiros vão enchendo os ambientes de vida. Até lugares nunca visitados, como a Índia e a Tailândia, estão representados na decoração. “Amigos que sabem do que gostamos nos compram presentes quando viajam”, conta Letícia. As novas peças se integram ao colorido dominante, de inspiração latino-americana. “Escolher o azul das paredes foi uma forma de juntar dois ícones de latinidade: Pablo Neruda, um apaixonado pelo mar, e Frida Kahlo, que aplicou o mesmo tom em sua casa, no México.” A reforma da casa é um projeto do arquiteto Pôla Pazzanese. Se você gosta do assunto cores na casa, não pode perder a reportagem que traz três combinações de dois tons surpreendentes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s