Apartamento com armário dupla face

Sai a parede, entra o armário dupla face. Com isso, ganha-se espaço na sala e no closet. Discreto, o móvel arremata a decoração, pontuada com peças de design clássico e contemporâneo.

Um título para uma foto sem titulo

 (/)

Durante quatro meses, tudo o que havia no apartamento do arquiteto Gustavo Motta eram duas poltronas Swan, um lustre barroco, colchão e uma geladeira Frigidaire dos anos 1960, que ganhou da avó e mandou restaurar. “Decorei aos poucos para apurar minhas escolhas”, relembra. A reforma também foi planejada minuciosamente. Afinal, o imóvel de 71 m², comprado na planta, levou dois anos para ser entregue. O ponto forte é o armário dupla face, que divide a sala e o closet – uma boa idéia para quem não dispõe de muito espaço. Discreto, de laca branca, compõe a base neutra da decoração, que realça peças clássicas e destaca os contornos celebrados de móveis assinados por designers como Arne Jacobsen. “Batizei este visual de estilo contemporâneo com pitada de história.”

Casa Claudia desse mês também publicou um apartamento de 70 m² com cimento queimado nas paredes e um apartamento de 50 m² em que a cama fica escondida.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.