Apartamento com cimento queimado nas paredes

Cimento queimado nas paredes, piso elevado de madeira de demolição e uma cozinha totalmente integrada à sala: soluções arrojadas que revelam a originalidade deste projeto, feito para um jovem casal.

“O apartamento causa um impacto fascinante.” Dessa maneira, o economista Maurício descreve a sensação de quem visita pela primeira vez sua morada. Entra-se pela cozinha, que fica unida à sala, banhada de luz – repare que as portas da varanda são recolhidas atrás da estante, deixando o vão totalmente livre. As surpresas do apartamento de 70 m², no entanto, se revelam em detalhes, como no uso singular de alguns materiais. “O cimento queimado aplicado no piso e nas paredes é contínuo, sem a interrupção de rodapé”, explica o arquiteto Alan Chu, que assina o projeto com Cristiano Kato. Para suavizar o tom cinza, os profissionais optaram pela textura marcante da madeira de demolição, que forma um piso elevado e setoriza a ala íntima. “Ele parece flutuar”, diz o proprietário.

CASA CLAUDIA desse mês também publicou um apartamento de 71 m² com armário dupla face e um apartamento de 50 m² em que a cama fica escondida.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.