Apartamento de David Bastos em SP é sóbrio e cheio de arte

O arquiteto baiano David Bastos apresenta seu apartamento de São Paulo, onde vive com muito aconchego.

Conforto, harmonia, luz natural e um jeito intuitivo e surpreendente de expor pinturas, fotografas, gravuras e esculturas: em seu apartamento de São Paulo, o arquiteto baiano David Bastos sintetiza o que é viver com muito aconchego. Por essa qualidade, foi um dos ganhadores do IV Prêmio CASA CLAUDIA Design de Interiores.

David Bastos é um baiano agitado, mas sempre baiano. Com escritórios em Salvador e na capital paulista, ele administra bem seu tempo para cumprir a agenda (lotada!) sem perder o bom humor nem se estressar. “Há seis anos, resolvi ter um apartamento paulistano, pois precisava duplicar a vida”, conta ele, que passa mais da metade do mês na metrópole. Logo após a reforma do imóvel de 250 m² no bairro dos Jardins, a decoração ainda era minimalista, definida pelo mobiliário de tons neutros. Com o tempo, David foi incluindo obras de arte, objetos e móveis pelos quais se apaixonou. “A casa muda, e eu mudo com ela. Minha ansiedade e a busca constante por novidade fazem com que vá acrescentando peças. Agora tudo está mais cheio”, afirma.

Viver numa atmosfera calma era um dos desejos de David para o apartamento paulistano. “Em Salvador, minha decoração é mais eclética, mistura peças antigas a contemporâneas. Nesta, eu queria algo mais sóbrio, porém com ambientes aconchegantes”, conta. No living, o sofá, de 4,50 m de largura, e a generosa poltrona com pufe servem aos momentos de relax, quando o arquiteto aproveita para aquietar a mente e desacelerar. “O mobiliário é proporcional ao tamanho da sala. Coloquei poucos itens, mas de dimensões maiores”, explica. Assim, o espaço permaneceu amplo e sem excessos. Além disso, tons neutros cobrem boa parte dos móveis e das paredes. O colorido veio com o tempo, à medida que chegavam os novos integrantes do acervo. Aberta para a sala de jantar, a cozinha é pouco usada no cotidiano e fica reservada às reuniões entre amigos. “Costumo receber muito, tanto de maneira formal quanto informal. Acho bacana chamar um chef nessas ocasiões, pois ele pode interagir com quem está à mesa”, explica.

Dicas para se cercar de arte

Quais são seus truques para criar belas composições de quadros?

Misturar sem medo o que você gosta e coleciona, mesmo que os trabalhos sejam de tipos variados, como fotos, pinturas e gravuras.

E qual é o segredo para ter uma decoração cheia sem torná-la pesada?

É importante escolher uma base com cores e materiais que conversem esteticamente entre si. No caso do meu apartamento, optei pelo mesmo tom para piso, paredes, cortinas e estofados.

Como surgiu a ideia de fazer a prateleira próxima ao teto?

Ela ajuda com os muitos livros e obras que preciso acomodar. Resolvi aproveitar a viga existente para instalar a prateleira, que, ao mesmo tempo, funciona como um elemento do décor.

O que não pode faltar em seus projetos?

Acredito que conforto e luminosidade sejam essenciais em qualquer casa ou apartamento.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s