Casa ampla em Londrina possui peças de décor escolhidas com afeto

A casa, erguida em Londrina, PR, representa, com perfeição, a personalidade dos moradores: agrega a família e os amigos e não segue modismos, mas privilegia a beleza natural dos materiais e a história de cada peça

Começar do zero foi o jeito que os moradores encontraram para moldar o futuro endereço a cada detalhe da rotina. “Construir abre essa possibilidade, né? Você não precisa adaptar algo pronto e tem a chance de erguer a casa exatamente de acordo com seus hábitos”, diz Antonio Ferreira Junior, que captou o estilo do casal, ansiosos em deixar o antigo imóvel em busca de mais conforto, e o traduziu em amplos ambientes sociais e áreas de convívio da família. “A mãe adora cozinhas para os convidados e se esmera na arrumação da mesa. Daí o espaço gourmet na varanda, integrado ao living e ao quintal. O pai curte chegar do trabalho e assistir TV com os filhos, por isso há um estar íntimo no primeiro andar, onde a turma se reúne para programas desse tipo. Já as crianças têm outra sala, com televisão e videogame no térreo, onde ficam com os amigos enquanto os adultos preparam o almoço logo ao lado”, resume Junior, sócio de Mario Celso Bernardes, arquiteto como ele. 

O visual da construção de 400 m² também segue à risca o gosto dos donos, fãs de simplicidade. “Preferimos formas retas e poucos materiais, que se repetem pela proposta inteira: concreto, madeira e pedra, basicamente”, afirma Junior. Nos interiores a fórmula se mantém. “Levamos quatro anos para finalizar a decoração. Achamos melhor procurar itens com nossa personalidade do que comprar qualquer coisa só pensando em preencher os espaços vazios”, fala a moradora. Muitos desses elementos, desenhados pelos profissionais, foram feitos sob medida. Outros contam histórias da família – caso dos móveis de madeira e palhinha dispostos na varanda, que pertenceram ao consultório de um tio-avô do proprietário. E há, ainda, os objetos trazidos de viagens, que lembram férias (e garimpos) mundo afora. “Passamos dias e dias fuçando lojas em Miami até encontrar os enfeites colocados sobre o bufê”, exemplifica a dona da casa, contente por se reconhecer em particularidades como essa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s