Casa do chef tem ervas, hortaliças e espaço para compostagem

Sabor, saúde e amor andam juntos no cotidiano de Rodrigo Oliveira

Ervas e hortaliças no lugar de fores. Em vez de cachorro, minhocas. “Como não temos animal de estimação, elas viraram nossas mascotes”, brinca Rodrigo, dono do restaurante Mocotó, em São Paulo. Os anelídeos vivem na composteira e na horta instaladas na varanda do apartamento em que mora com a mulher, Ligia, e as filhas, Nina Maria, 6 anos, e Maria Flor, 5 anos. Comida e lixo são assuntos levados a sério por eles. “Aqui ou no meu trabalho, tratamos o alimento com respeito. Sabemos sua procedência, como é cultivado, e aproveitamos ao máximo os ingredientes. O que precisa ser descartado se transforma em adubo”, afirma. Em agosto, ele vai inaugurar uma pequena usina de compostagem no restaurante. “Os resíduos orgânicos se tornarão substrato de altíssimo valor biológico, que será destinado à horta que abasteces nossa cozinha”, revela. Formado em engenharia ambiental, Rodrigo tenta sensibilizar clientes e funcionários com essas questões. “Aprendi que, para construir um mundo melhor, preciso primeiro cuidar bem do meu.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s