Com um bom espaço para trabalhar

A casa de 180m² reúne espaços claros e arejados, com poucas paredes.

Os pais do designer gráfico Eduardo Campos de Moura tinham duas casas no mesmo terreno, em Niterói, RJ. “Demoli uma delas para construir a minha”, conta. Na nova morada, ele e a mulher – a veterinária Fernanda de Moura – queriam viver em espaços claros e arejados, com poucas paredes. O projeto dos arquitetos Antonio Claudio de Souza Leite, Felipe Lobão Rudge e Flávia Martins incluiu uma faixa de jardim na sala. Ter um bom espaço para trabalhar em casa era uma das prioridades de Eduardo. Diretor de arte de uma grife de moda, ele começou um ano atrás a produzir objetos e móveis. Às terças-feiras, o designer ocupa o estúdio de 30 m², que faz parte do corpo da construção, mas dispõe de entrada independente.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s